Política Partidos passam a ter IVA mais favorável que as IPSS
Assinatura Digital. Negócios Primeiro Para ler tudo faça LOGIN ou ASSINE

Partidos passam a ter IVA mais favorável que as IPSS

O regime de IVA de que os partidos políticos beneficiam actualmente já é excepcionalíssimo. Com as mudanças propostas, passam a ter o melhor dos dois mundos: não só não entregam o IVA das vendas como recebem todo o IVA das compras, sem qualquer limitação.
Elisabete Miranda 27 de dezembro de 2017 às 23:19

Se Marcelo Rebelo de Sousa viabilizar as alterações que tem entre )

Para ler tudo faça LOGIN ou ASSINE
Análise, informação independente e rigorosa.
Para saber o que se passa em Portugal e no mundo,
nas empresas, nos mercados e na economia.
  • Inclui acesso ao ePaper, a versão do Negócios tal como é impresso em papel. Veja aqui.
  • Acesso ilimitado a todo o site negocios.pt
  • Acesso ilimitado via apps iPad, iPhone, Android e Windows
Saiba mais



A sua opinião43
Este é o seu espaço para poder comentar o nosso artigo. A sua opinião conta e nós contamos com ela.
Faltam 300 caracteres
comentar
Negócios oferece este espaço de comentário, reflexão e debate e apela aos leitores que respeitem o seu estatuto editorial, promovam a discussão construtiva e combatam o insulto. O Negócios reserva-se ao direito de editar, apagar ou mesmo modificar os comentários dos seus leitores se atentarem contra o bom senso e seriedade.O acesso a todas as funcionalidades dos comentários está limitada a leitores registados e a Assinantes.
mais votado Anónimo 28.12.2017

Reformas viradas para as reais condições de mercado que se fazem nas regiões mais desenvolvidas do mundo e a importância das mesmas para a prosperidade e o bem-estar das populações:
"HMRC staff braced for thousands of job cuts as 137 tax offices to close" https://www.theguardian.com/politics/2015/nov/12/hmrc-staff-braced-for-thousands-of-job-cuts-if-tax-offices-close
"IRS will cut 7,000 jobs because the majority of people are filing their tax returns online" http://www.dailymail.co.uk/news/article-3811646/IRS-cutting-7-000-jobs-vast-majority-people-file-tax-returns-online-meaning-fewer-people-needed-process-paper-forms.html
"Inland Revenue to cut 1500 jobs between 2018 and 2021" www.stuff.co.nz/business/industries/78231571/inland-revenue-to-cut-1500-jobs-between-2018-and-2021
"Australian Taxation Office axes 4400 jobs in 19 months" http://www.canberratimes.com.au/national/public-service/australian-taxation-office-axes-4400-jobs-in-19-months-20150409-1mhhgq.html

comentários mais recentes
Invicta 28.12.2017

Entre os partidos políticos que temos venha o diabo e escolha. Mas há sempre aqueles que pela sua desfaçatez e falta de vergonha e por contradição com o que pregam, chamam a atenção. Aqui, incluem-se o BE e o PCP. Os outros 2, já se sabe o que a casa gasta. O CDS e PAN talvez por vergonha...

Bloco de esterco subiu a derrama para as empresas! 28.12.2017

Ora, as esganiçadas na hora da verdade são como os outros! Tb querem chupar e ficar isentos de IVA, e carregar na derrama das empresas! Mortágua por esta atitude devia ser en rrabada sem dó nem piedade por 5 negrões abonados q lhe rebentassem o kagueiro e andasse 1 mês sem se poder sentar na AR!

Anónimo 28.12.2017

O PREÇO DA DEMOCRACIA
JÁ CONSEGUI SABER!
OS PARTIDOS RECEBEM 12€ POR CADA VOTO EXPRESSO NELES.
ALÉM DISSO QUEREM MAIS O QUE NESTA LEI VEM DESCRITO.
A DEMOCRACIA É MESMO MUITO CARA!
ANTIGAMENTE, AO MENOS NÃO PAGÁVAMOS NADA PARA ISTO!
COMEÇO A TER DÚVIDAS SOBRE O PREÇO QUE PAGO PARA PODER FALAR E NINGUÉM ME OUVIR!

Anónimo 28.12.2017

Tantos ressabiados tristes, frustados e zangados........ Pergunto porque foram votar ??? Porque andam atrás deles a "lamb...." o respetivo???? Cada vez que a esc. politica sai á rua vêm sempre com dezenas de ovelhas e carneiros atrás. NÃO SE QUEIXEM

ver mais comentários
Notícias só para Assinantes
Exclusivos, análise, informação independente e credível. Para saber o que se passa em Portugal e no mundo, nas empresas, nos mercados e na economia. Inclui acesso à versão ePaper.
Mais uma forma de ler as histórias
da edição impressa do Negócios.
Se ainda não é Assinante Saiba mais
pub