Política Passos Coelho diz que dá "o devido desconto" às manifestações da CGTP 

Passos Coelho diz que dá "o devido desconto" às manifestações da CGTP 

O presidente do PSD, Pedro Passos Coelho, afirmou hoje que dá "o devido desconto" às manifestações hoje promovidas pela CGTP e às declarações proferidas pelos líderes do PCP e do Bloco de Esquerda.  
Passos Coelho diz que dá "o devido desconto" às manifestações da CGTP 
Lusa 03 de junho de 2017 às 18:21

"Como este Governo só está por vontade do PCP, do Bloco de Esquerda e do PS, leio essas declarações com o devido desconto. Anoto, ouço, mas dou-lhes o devido desconto", disse o líder do PSD, em Ponte da Barca, no final de uma visita à Santa Casa da Misericórdia local.

Passos Coelho adiantou que, "até ver", não parece que haja falta de apoio do PCP e BE ao Governo.

 

"O facto de estarmos a uns meses das Autárquicas e os partidos quererem mostrar as suas distâncias em relação ao Governo não me faz esquecer que este Governo só existe porque tem o apoio desses partidos e o essencial das escolhas que têm sido realizadas são a pedido até dos partidos que estão em maioria no parlamento a apoiar o Governo", acrescentou.

 

Para Passos Coelho, PCP e BE continuam a falar "mais contra" o PSD e o anterior Governo, do que contra o atual executivo.

 

"Pode ser que seja o meu serviço de media que selecione mal as mensagens, mas eu continuo a ouvi-los mais preocupados em criticar a posição do PSD do que o Governo", ironizou.




A sua opinião1
Este é o seu espaço para poder comentar o nosso artigo. A sua opinião conta e nós contamos com ela.
Faltam 300 caracteres
Negócios oferece este espaço de comentário, reflexão e debate e apela aos leitores que respeitem o seu estatuto editorial, promovam a discussão construtiva e combatam o insulto. O Negócios reserva-se ao direito de editar, apagar ou mesmo modificar os comentários dos seus leitores se atentarem contra o bom senso e seriedade.O acesso a todas as funcionalidades dos comentários está limitada a leitores registados e a Assinantes.
comentar
comentários mais recentes
Anónimo 05.06.2017

Este coitado ainda aqu anda?

pub