Economia Passos Coelho evoca Soares como "grande democrata" e "político polémico"

Passos Coelho evoca Soares como "grande democrata" e "político polémico"

Para Passos Coelho, "será impossível" escrever a História de Portugal das últimas dezenas de anos "sem nelas encontrar referências múltiplas à intervenção política de Soares, em muitas ocasiões decisiva".
Passos Coelho evoca Soares como "grande democrata" e "político polémico"
Lusa 07 de janeiro de 2017 às 17:29

O líder do PSD, Pedro Passos Coelho, lamentou hoje a morte do antigo Presidente da República, que classificou como "um grande democrata" e "um político polémico".

"É um dia triste para todos os portugueses", referiu Passos Coelho, à margem de uma visita à Santa Casa da Misericórdia de Barcelos.

 

Para Passos Coelho, "será impossível" escrever a História de Portugal das últimas dezenas de anos "sem nelas encontrar referências múltiplas à intervenção política de Soares, em muitas ocasiões decisiva".

 

"Como um grande democrata que foi, o doutor Mário Soares foi também um político polémico, que combateu pelas suas ideias, há de ter feito muitos amigos, terá tido também com certeza muitos adversários ao longo de todos estes anos", acrescentou.

Passos Coelho endereçou uma mensagem de "sentido pesar" à família e uma mensagem "de condolências" ao PS, partido de que Mário Soares foi fundador.

 

Mário Soares, que morreu hoje aos 92 anos, desempenhou os mais altos cargos no país e a sua vida confunde-se com a própria história da democracia portuguesa: combateu a ditadura, foi fundador do PS e Presidente da República.


A sua opinião3
Este é o seu espaço para poder comentar o nosso artigo. A sua opinião conta e nós contamos com ela.
Faltam 300 caracteres
Negócios oferece este espaço de comentário, reflexão e debate e apela aos leitores que respeitem o seu estatuto editorial, promovam a discussão construtiva e combatam o insulto. O Negócios reserva-se ao direito de editar, apagar ou mesmo modificar os comentários dos seus leitores se atentarem contra o bom senso e seriedade.O acesso a todas as funcionalidades dos comentários está limitada a leitores registados e a Assinantes.
comentar
comentários mais recentes
justiceiro 08.01.2017

asde olhar para o teu umbigo seu bardamerda.

SALAZAR 07.01.2017

O que Soares e os gangues do 25 de Abril fizeram: PT perdeu todas as suas colónias de séculos; O ouro no BP desapareceu quase todo; Uma das maiores dívidas do mundo; 30% da população na pobreza, salários mínimo e médio miseráveis; Emigração como nos anos 60 e, mais grave, qualificada; Nem um preso

Anónimo 07.01.2017

Dizem que os politicos sao todos aldraboes e tu nao foges ha regra.Sem bem que quando um assassino morre sao ditas palavras de conforto,mas passar uma esponja por cima deve chegar,mas nao brilhantar o passado .

pub