Europa PCP: Candidatura de Centeno não altera pressupostos da legislatura  

PCP: Candidatura de Centeno não altera pressupostos da legislatura  

O dirigente comunista Ângelo Alves garantiu hoje que a candidatura do ministro das Finanças à presidência do Eurogrupo não irá 'beliscar' o horizonte de cumprimento da actual legislatura, embora sublinhando as divergências com o PS em termos europeus.
PCP: Candidatura de Centeno não altera pressupostos da legislatura  
Miguel Baltazar/Negócios
Lusa 30 de novembro de 2017 às 16:28

"Esta candidatura não altera os pressupostos com que iniciámos esta legislatura, no âmbito da posição conjunta. Há acordo relativamente determinadas matérias bem definidas e que a realidade está a demonstrar que foram muito positivas para o desenvolvimento da situação e da vida dos portugueses", disse o membro da comissão política do Comité Central do PCP, em conferência de imprensa, na sede nacional do partido, em Lisboa.

 

Mário Centeno é um dos quatro candidatos à presidência do Eurogrupo, anunciou hoje o Conselho da União Europeia (UE), confirmando, mais cedo que o previsto, a lista de pretendentes à sucessão do socialista holandês Jeroen Dijsselbloem.

 

"Há outras matérias em que há desacordo [com o PS], que se mantém e é de fundo. Esse desacordo terá de ser resolvido não só pelas forças políticas, mas pela sociedade portuguesa em geral porque este caminho de submissão à União Europeia não irá permitir a resolução de problemas estruturais com que o país se continua a debater", continuou Ângelo Alves, responsável comunista pelas áreas da integração europeia, assuntos internacionais e política externa.

 

O PCP é um dos três partidos, juntamente com BE e PEV, com os quais foram assumidas posições conjuntas com o PS, em Novembro de 2015, para viabilizar o actual Governo minoritário socialista, dirigido por António Costa.

 

Além de Mário Centeno, apresentaram candidaturas Pierre Gramegna (Luxemburgo), Peter Kazimir (Eslováquia) e Dana Reizniece-Ozola (Letónia).

 

A eleição do novo presidente do Eurogrupo decorre na segunda-feira, através de uma votação por maioria simples, indicou o Conselho da União Europeia, acrescentando que "o vencedor será anunciado aos ministros no final da votação e apresentado na conferência de imprensa do Eurogrupo, imediatamente a seguir".




A sua opinião0
Este é o seu espaço para poder comentar o nosso artigo. A sua opinião conta e nós contamos com ela.
Faltam 300 caracteres
Negócios oferece este espaço de comentário, reflexão e debate e apela aos leitores que respeitem o seu estatuto editorial, promovam a discussão construtiva e combatam o insulto. O Negócios reserva-se ao direito de editar, apagar ou mesmo modificar os comentários dos seus leitores se atentarem contra o bom senso e seriedade.O acesso a todas as funcionalidades dos comentários está limitada a leitores registados e a Assinantes.
comentar
pub