Política PCP equilibra contas com negócios imobiliários

PCP equilibra contas com negócios imobiliários

O PCP registou receitas de 600 mil euros em 2012 com a venda de imobiliário e rendas cobradas, revela o Expresso.
PCP equilibra contas com negócios imobiliários
Miguel Baltazar/Negócios
Negócios 26 de Novembro de 2016 às 10:47

O PCP tem conseguido equilibrar as contas do partido com o recurso a negócios imobiliários nos últimos anos. Os negócios, diz o Expresso, envolvem terrenos agrícolas, industriais e urbanos.

 

Em 2012, o PCP teve uma mais-valia de quase 202 mil euros através da venda de património. Naquele ano, as receitas perdiais geraram mais de 400 mil euros, segundo as contas entregues elo partido junto do Tribunal Constitucional. No total, foram mas de 600 mil euros as receitas conseguidas pelo partido em 2012, o ano com os dados mais recentes.

 

O jornal realça que o texto que serve de base para  o próximo congresso revela a importância destas operações para as contas do partido. Nos últimos quatro anos, o PCP registou "um valor médio anual negativo de cerca de 1 milhão e 82 mil euros" e "só com o recurso a receitas extraordinárias foi possível fazer face à situação deficitária".

 

Os últimos dados revelam que o PCP tem 329 propriedades, 275 são imóveis e 54 terrenos. O valor atribuído pelo partido a estes imóveis é superior a 13,5 milhões de euros. O imóvel mais caro era, em 2012, um prédio na Lapa, avaliado em 1,49 milhões de euros. Do lado oposto, são identificados terrenos com valores de 0,14 euros e de 0,17 euros.  




A sua opinião10
Este é o seu espaço para poder comentar o nosso artigo. A sua opinião conta e nós contamos com ela.
Faltam 300 caracteres
Negócios oferece este espaço de comentário, reflexão e debate e apela aos leitores que respeitem o seu estatuto editorial, promovam a discussão construtiva e combatam o insulto. O Negócios reserva-se ao direito de editar, apagar ou mesmo modificar os comentários dos seus leitores se atentarem contra o bom senso e seriedade.O acesso a todas as funcionalidades dos comentários está limitada a leitores registados e a Assinantes.
comentar
comentários mais recentes
Francisco António Há 1 semana

O Expresso com mais 10 títulos deste calibre na 1ª página...ainda derruba o Correio da Manhã !

pertinaz Há 1 semana

ATÉ COM O BES TINHAM NEGÓCIOS


CAMBADA DE VIGARISTAS


ESQUERDALHA CAPITALISTA, DO PIOR !!!

Belo exemplo do PCP, explora para enriquecerem Há 1 semana

O PCP não gasta dinheiro em empresas porque quer continuar a explorar quem arrisca, cria postos de trabalho e desenvolve o país. Esta riqueza do PCP é uma afronta a quem não tem nada e desonestamente, encobrem o seu património. Na Atalaia continuam a explorar quem trabalha para enriquecerem

Criador de Touros Há 1 semana

Os comunistas são uns ricos fascistas !!...O resto são tretas...

ver mais comentários
pub