Política PCP vota contra pesar por Belmiro de Azevedo na Assembleia Municipal do Porto

PCP vota contra pesar por Belmiro de Azevedo na Assembleia Municipal do Porto

A Assembleia Municipal do Porto aprovou, na segunda-feira à noite, um voto de pesar pela morte do empresário Belmiro de Azevedo, de 79 anos, com o voto contra do PCP e a abstenção do BE.
PCP vota contra pesar por Belmiro de Azevedo na Assembleia Municipal do Porto
Bruno Simão
Lusa 05 de dezembro de 2017 às 07:27
O voto de pesar, acompanhado de um minuto de silêncio, foi subscrito pelo movimento independente Rui Moreira: Porto, o Nosso Partido, pelo PS e pelo PSD.

Os deputados municipais expressaram ainda as "mais sentidas" condolências à família do empresário.

Esta votação da Assembleia Municipal do Porto acompanhou a votação na Assembleia da República, onde também o PCP votou contra e o BE se absteve.

O empresário Belmiro de Azevedo morreu na quarta-feira aos 79 anos, depois de décadas ligado ao grupo Sonae, onde chegou há mais de 50 anos e que transformou num império com negócios em várias áreas e extensa actividade internacional.

Belmiro de Azevedo deixa três filhos, Nuno, Paulo e Cláudia, também relacionados com a Sonae, grupo de cuja presidência saiu formalmente em 30 de Abril de 2015.

O funeral de Belmiro de Azevedo realizou-se na quinta-feira à tarde, na Igreja Paroquial de Cristo Rei, no Porto, onde marcaram presença o Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, o antigo chefe de Estado Ramalho Eanes, o líder do PSD, Pedro Passos Coelho, o eurodeputado Paulo Rangel, o ministro do Ambiente, João Pedro Matos Fernandes, e o ministro da Economia, Manuel Caldeira Cabral.



A sua opinião2
Este é o seu espaço para poder comentar o nosso artigo. A sua opinião conta e nós contamos com ela.
Faltam 300 caracteres
Negócios oferece este espaço de comentário, reflexão e debate e apela aos leitores que respeitem o seu estatuto editorial, promovam a discussão construtiva e combatam o insulto. O Negócios reserva-se ao direito de editar, apagar ou mesmo modificar os comentários dos seus leitores se atentarem contra o bom senso e seriedade.O acesso a todas as funcionalidades dos comentários está limitada a leitores registados e a Assinantes.
comentar
comentários mais recentes
Anónimo Há 1 semana

Mas desde quando os partidos tem obrigatoriamente votarem lamentações a favor de alguêm que morreu? Para alguns foi um Deus para outros foi um Diabo , perante isto votam ! Hipocrisia seria votarem lamentaçãoes que não tem nada a vêr com alguêm que ODIAVA os comunas , isso sim era uma aberração!

Kalashnikov Há 1 semana

Querem que estes malamutes dêem um voto de pesar pela morte de alguém que trabalhe, faça trabalhar e produzir e pague salários? Nunca. Matem parasitas como o jericónimo, armónio talvez o nogeira ou a avelioa. Aí votarão a favor e imporão uma semana de luto nacional se não mesmo um feriado nacional.

Saber mais e Alertas
pub