Política PCP preparado para ser Governo

PCP preparado para ser Governo

No mesmo dia, dois altos responsáveis do PCP garantem que o partido está preparado para ser governo, pelo menos após a actual coligação.
Negócios 13 de Outubro de 2016 às 11:29

João Oliveira, o líder parlamentar do PCP garante que o partido está pronto a ir para um governo, desde que condições programáticas o permitam. António Filipe, um destacado deputado do partido, confia que a actual legislatura chegará ao fim, e vê o PCP num governo por essa altura. 

"O PCP está pronto para assumir responsabilidades governativas" afirma João Oliveira em entrevista à Visão, publicada esta quinta-feira, dia 13 de Outubro, na qual também sublinha que a distância que hoje existe entre o PCP e o PS, a qual só permitiu uma solução como a actual de apoio a um governo exclusivo dos socialistas.


"A responsabilidade que assumimos tem que ter correspondência numa política concreta (…) Quanto maior for essa correspondência maior pode ser o grau de envolvimento e compromisso do PCP. Com o aspecto de que nada pode ultrapassar o compromisso fundamental do PCP, com os trabalhadores e o povo", afirma, já depois de ter vincado a discordância dos comunistas com as "autolimitações que o próprio governo PS assume" em particular na frente europeia, recusando uma de renegociação da dívida e aceitando metas de consolidação orçamental.

No mesmo dia, em entrevista à Antena 1, António Filipe, um destacado deputado comunista, não antecipa problemas de maior na votação do Orçamento do Estado, mostra-se confiante na manutenção da actual solução governativa até ao final da legislatura, e até admite que o PCP integre um governo em 2019.

António Filipe considera que os comunistas podem integrar um Governo que não "decepcione" as expectativas do partido e dos seus apoiantes, escreve a Antena 1, isto porque "não está escrito nas estrelas que o PCP não pode ser governo" após 2019.

Nesta entrevista à rádio pública, António Filipe desvalorizando as divergências entre PCP e Bloco de Esquerda, estranhando que outros agentes políticos possam criticar o Bloco de Esquerda, "como Francisco Louçã, Carlos César e até o próprio primeiro-ministro", e que quando o PCP o faz caia "o Carmo e a Trindade", escreve a rádio pública.




A sua opinião66
Este é o seu espaço para poder comentar o nosso artigo. A sua opinião conta e nós contamos com ela.
Faltam 300 caracteres
Negócios oferece este espaço de comentário, reflexão e debate e apela aos leitores que respeitem o seu estatuto editorial, promovam a discussão construtiva e combatam o insulto. O Negócios reserva-se ao direito de editar, apagar ou mesmo modificar os comentários dos seus leitores se atentarem contra o bom senso e seriedade.O acesso a todas as funcionalidades dos comentários está limitada a leitores registados e a Assinantes.
comentar
mais votado Anónimo Há 2 semanas


FP . CGA – 40 ANOS A ROUBAR OS TRABALHADORES E PENSIONISTAS DO PRIVADO


UM EXEMPLO DE INJUSTIÇA QUE É URGENTE CORRIGIR

Um técnico superior reformado em 2005 pela Caixa Geral de Aposentações (CGA) levou uma pensão de 2.026 euros consigo. Se se tivesse aposentado na mesma altura, com o mesmo salário, pelas regras da Segurança Social, teria levado para casa 1.512 euros.

Ora bem 500€ x 10 anos x 12 meses = 60.000€ a mais, que esse gajo já embolsou desde 2005, à custa de quem trabalha.
Rica mama.
Deve ser obrigado a devolver tudo.

Enganei-me nas contas, são 14 meses por ano, ainda lhe estava a perdoar 10.000€ (sortudo).
Afinal tem que devolver 70.000€.

Receber 70.000€ a mais, em 10 anos?
Isso dá para comprar um carro de 30.000€, de 4 em 4 anos.
Este é mesmo o país das maravilhas... para alguns.

comentários mais recentes
pertinaz Há 2 semanas

DUVIDO QUE TENHAM CORAGEM PARA ISSO

VAMOS A CAMINHO DO ABISMO

Anónimo Há 2 semanas

Fonix! Vamos mesmo ser a Cuba da Europa. Pelo sim pelo não vou-me increver na Soeiro Pereira Gomes para ter um cartãozito. Vou fazer omesmo que muitos fizeram em 75, vou abrir os botões da camisa e gritar morte aos ricos. Ainda chego a administrador de empresa pública.

alcpf Há 2 semanas

Todos os ladrões estão preparados para ser governo!
VAmos acabar com esta sacanice de representatividade...
Está na hora de começarmos a pensar para uma democracia participativa direta!
Vamos começar a olhar para esta potencialidade de governação, onde nenhum corrupto nos vai representar, mas sim cada um representa a si mesmo!

5640533 Há 2 semanas

O Português não faz mínima ideia o que é comunismo. Se vivesse 1 semana num país comunista saia do PCP a correr.

ver mais comentários
pub