Orçamento do Estado Pedro Nuno Santos: "Continuará a haver um alívio fiscal para a classe média"
Assinatura Digital. Negócios Primeiro Para ler tudo faça LOGIN ou ASSINE

Pedro Nuno Santos: "Continuará a haver um alívio fiscal para a classe média"

Em 2017 não deverá haver mexidas nos escalões do IRS. Esta mudança, que pretende dar mais progressividade ao imposto, continua a ser um objectivo do Governo, mas sem data marcada.
A carregar o vídeo ...

O Governo quer baixar a carga fiscal na classe média em 2017, mas ainda não o fará através do aumento do número de escalões. No entanto, o Executivo admite que pode aumentar impostos para tornar a tributaç

Assinatura Digital. Negócios Primeiro
Para ler tudo faça LOGIN ou ASSINE
Análise, informação independente e rigorosa.
Para saber o que se passa em Portugal e no mundo,
nas empresas, nos mercados e na economia.
  • Inclui acesso ao ePaper, a versão do Negócios tal como é impresso em papel. Veja aqui.
  • Acesso ilimitado a todo o site negocios.pt
  • Acesso ilimitado via apps iPad, iPhone, Android e Windows
Saiba mais

A sua opinião11
Este é o seu espaço para poder comentar o nosso artigo. A sua opinião conta e nós contamos com ela.
Faltam 300 caracteres
Negócios oferece este espaço de comentário, reflexão e debate e apela aos leitores que respeitem o seu estatuto editorial, promovam a discussão construtiva e combatam o insulto. O Negócios reserva-se ao direito de editar, apagar ou mesmo modificar os comentários dos seus leitores se atentarem contra o bom senso e seriedade.O acesso a todas as funcionalidades dos comentários está limitada a leitores registados e a Assinantes.
comentar
mais votado Anónimo 09.10.2016

Este é o palhacinho que dizia que iria pôr os alemães a tremer ameaçando não pagar a dívida, parece que agora está mais mansinho, isto de se chegar ao poleiro tem destas coisa. Como é que um tipo deste calibre chega a ministro??? Este e o Galamba disparados num foguetão para Marte não se perdia nada.

comentários mais recentes
Anónimo 10.10.2016

Só mesmo num País de mentecaptos este discurso tem audiência. Estes anormais ainda não pararam de aumentar os impostos desde que lá chegaram... trocar impostos directos por indirectos não é baixar impostos, oh palerma! Dizer que a fiscalidade baixou é mentira pura e dura, olhe-se para os dados.

Anónimo 10.10.2016



PS . BE . PCP são uns PHILHOS DE PHU TA que xupam o sangue ao POVO...

para dar mais dinheiro e privilégios aos FP & CGA.


Anónimo 10.10.2016

continuará a haver?
mas qual foi o alivio fiscal que a classe média teve com este governo?
alguém me explica?

chris 10.10.2016

não mexer nos escalões do IRS està bem, mas aumentar os impostos indiretos (vinho, cigarros, combustiveis...) é atingir o povo todo com os impostos. Com efeito, o IRS sò atinge os contribuintes que ganham um certo ordenado, mas os impostos indiretos atinge toda a gente.
O governo PS està a carregar d' impostos o povo todo com a ajuda do BE e PCP: isto não pode ser assim!!!

ver mais comentários
Notícias só para Assinantes
Exclusivos, análise, informação independente e credível. Para saber o que se passa em Portugal e no mundo, nas empresas, nos mercados e na economia. Inclui acesso à versão ePaper.
Mais uma forma de ler as histórias
da edição impressa do Negócios.
Se ainda não é Assinante Saiba mais
pub
pub
pub
pub