Economia Pedrógão Grande: Parecer iliba Ascendi e EDP por plano municipal estar caducado

Pedrógão Grande: Parecer iliba Ascendi e EDP por plano municipal estar caducado

O parecer encomendado pela Ascendi iliba a empresa de responsabilidades na limpeza da Estrada Nacional 236 por o plano municipal de Defesa da Floresta Contra Incêndios ter caducado há seis anos, avança a TSF.
Pedrógão Grande: Parecer iliba Ascendi e EDP por plano municipal estar caducado
Reuters
Negócios 07 de dezembro de 2017 às 09:03

O parecer jurídico pedido pela Ascendi para apurar as suas responsabilidades no fogo que assolou Pedrogão Grande iliba a Ascendi e a EDP devido ao plano municipal estar caducado. Segundo a TSF, que teve acesso ao documento, a Ascendi não tinha a obrigação de limpeza da floresta à volta da Estrada Nacional 236 – onde houve mais de 40 vítimas – uma vez que os planos municipais de Defesa da Floresta Contra Incêndios de Castanheira de Pera e Pedrógão Grande não tinham sido aprovados.

De acordo com as conclusões do relatório elaborado por Fernanda Paula Oliveira, professora de Direito da Universidade de Coimbra e que estuda a legislação sobre ordenamento e território há vários anos, os 10 metros de limpeza à volta da estrada, previstos no decreto-lei que define desde 2006 o Sistema de Defesa da Floresta, não se aplicam "à entidade responsável pela rede viária onde se integra a EN236" devido a estarem caducados.

Aliás, segundo o mesmo parecer, o plano de Pedrógão Grande já estava caducado desde 2011.desde essa data que não eram "identificados administrativamente de forma prévia, válida e eficaz os espaços florestais relevantes" que deviam ser limpos.

Em declarações à TSF Fernanda Paula Oliveira explicou ainda que no caso da EDP se aplica a mesma questão e o artigo da lei. "Estas entidades não tinham efectivamente os deveres previstos na lei", devido aos planos terem caducado, sustentou.

Além da limpeza das estradas, a avaliação ao incêndio também responsabilizava a EDP Distribuição por falta de limpeza perto das linhas de média tensão.

Contactada pela TSF a Ascendi não comentou as conclusões do parecer, bem como a EDP Distribuição que apontou apenas que "independentemente da existência de Planos Municipais de Defesa da Floresta contra Incêndios" aprovados, tem garantido a limpeza da floresta.




A sua opinião8
Este é o seu espaço para poder comentar o nosso artigo. A sua opinião conta e nós contamos com ela.
Faltam 300 caracteres
Negócios oferece este espaço de comentário, reflexão e debate e apela aos leitores que respeitem o seu estatuto editorial, promovam a discussão construtiva e combatam o insulto. O Negócios reserva-se ao direito de editar, apagar ou mesmo modificar os comentários dos seus leitores se atentarem contra o bom senso e seriedade.O acesso a todas as funcionalidades dos comentários está limitada a leitores registados e a Assinantes.
comentar
comentários mais recentes
Ventura Santos Há 4 dias

O melhor é a Nandinha ir refazer o parecer, pois esse não vale o papel em que está escrito ! Qualquer juiz com duas bolas, em dois parágrafos manda isso para o caixote do lixo ! O melhor da próxima vez é usar um Purex Movers Connect, assim fica com mais tempo para o trabalho.

Carlos Barbosa Há 5 dias

O parecer já tinha sido encomendado pela antiga ministra, o parlamento pediu um estudo independente, estudo esse que ilibada a EDP, a ministra encomendou um novo estudo à universidade de coimbra, curiosamente esse novo estudo na capa culpada a EDP, mas no seu conteúdo ilibada a empresa.

António Há 5 dias

Parecer "ENCOMENDADO", assim como as CONCLUSÕES!. Um DL não se sobrepõe a planos Municipais?! As empresas responsáveis pelas SCUTS não ficaram responsáveis pela gestão/manutenção das EN?

Tentando Perceber a Política Há 5 dias

O Presidente da República já terá Conhecimento disto ? Muita coisa ainda se irá clarificar e descobrir, já se sabe que os apressados em Descarregar Pásadas de Milhões de Euros dos Impostos que teremos de Pagar, á Ceguinha, apenas para conseguir mais Popularidade,ou Criticar o Governo.

ver mais comentários
pub