Segurança Social Pensões do próximo ano arriscam tripla penalização
Assinatura Digital. Negócios Primeiro Para ler tudo faça LOGIN ou ASSINE

Pensões do próximo ano arriscam tripla penalização

Factor de sustentabilidade agrava-se, idade da reforma sobe e fórmula de cálculo altera-se na Segurança Social. O governo tem protegido pensões em pagamento mas, enquanto não reformula as regras, deixa actuar os cortes nas futuras.
Pensões do próximo ano arriscam tripla penalização
Bruno Simão/Negócios
Catarina Almeida Pereira 29 de novembro de 2016 às 00:01

As regras da reforma vão tornar-se mais penalizadoras no próximo ano: o factor de sustentabilidade será maior, a idade da reforma volta a subir (agravando as penalizações) e a fórmula de cálculo da Seguranç

Assinatura Digital. Negócios Primeiro
Para ler tudo faça LOGIN ou ASSINE
Análise, informação independente e rigorosa.
Para saber o que se passa em Portugal e no mundo,
nas empresas, nos mercados e na economia.
  • Inclui acesso ao ePaper, a versão do Negócios tal como é impresso em papel. Veja aqui.
  • Acesso ilimitado a todo o site negocios.pt
  • Acesso ilimitado via apps iPad, iPhone, Android e Windows
Saiba mais

A sua opinião15
Este é o seu espaço para poder comentar o nosso artigo. A sua opinião conta e nós contamos com ela.
Faltam 300 caracteres
Negócios oferece este espaço de comentário, reflexão e debate e apela aos leitores que respeitem o seu estatuto editorial, promovam a discussão construtiva e combatam o insulto. O Negócios reserva-se ao direito de editar, apagar ou mesmo modificar os comentários dos seus leitores se atentarem contra o bom senso e seriedade.O acesso a todas as funcionalidades dos comentários está limitada a leitores registados e a Assinantes.
comentar
mais votado Anónimo 29.11.2016


IGUALDADE PARA TODOS

Os cortes nas pensões atuais devem, obrigatoriamente, ser iguais aos cortes nas pensões futuras!

comentários mais recentes
Anónimo 14.12.2016

gostava de saber a que anos começou estes senhores a trabalhar vergonha temos que andar a trabalhar ate morrer vergonha e so roubar

Johnny 14.12.2016

Mamões geração 25 abril, em casa de pantufinhas reformadinhos aos 48,50 anos com reformas de 100% sem terem descontado nem 10% do que recebem.
O meu pai está reformado desde os 52 anos com 100% depois de ter metido a "tropa" e os "bombeiros"
A mim esperam-me uns 40% de reforma aos 68, 70 anos

Anónimo 29.11.2016

Á reformados sem produzir a ganhar reformas douradas: vejamos um professor reformado ganha 2.500 Euros mas se forem dois mulher e marido ganham 5.000 euros sem produzir, um professor no activo e a produzir ganha 1,200 euros, estou a falar em professores, enfermeiros, médicos, pilotos militares etc.

joao 29.11.2016

afinal a geringonça nao resolve absolutamente nada. tentam sobreviver com demagogia mas a cada dia que passa sao menos os que acreditam na propaganda. O pais caminha alegremente para mais uma bancarrota e anda tudo aparentemente alegre e contente a começar por marcelo e pelos costas.

ver mais comentários
Notícias só para Assinantes
Exclusivos, análise, informação independente e credível. Para saber o que se passa em Portugal e no mundo, nas empresas, nos mercados e na economia. Inclui acesso à versão ePaper.
Mais uma forma de ler as histórias
da edição impressa do Negócios.
Se ainda não é Assinante Saiba mais
pub
pub
pub
pub