Justiça PJ deteve este ano 33 pessoas por corrupção, peculato e branqueamento de capitais

PJ deteve este ano 33 pessoas por corrupção, peculato e branqueamento de capitais

Além dos 33 detidos, a PJ constituiu 336 arguidos por suspeita da prática de corrupção, peculato e branqueamento de capitais.
A carregar o vídeo ...
Lusa 11 de dezembro de 2017 às 12:03

A Polícia Judiciária (PJ) deteve este ano 33 pessoas pelos crimes de corrupção, peculato e branqueamento de capitais, revelou hoje o director nacional desta polícia de investigação criminal.

 

Almeida Rodrigues falava na abertura da conferência "O Combate à Fraude e à Corrupção" que decorre na sede da PJ, em Lisboa.

 

Além dos 33 detidos, a PJ constituiu 336 arguidos por suspeita da prática de corrupção, peculato e branqueamento de capitais.

 

Em 2016, a PJ deteve 119 pessoas por crimes económico-financeiros.

 

A conferência realiza-se no âmbito do Dia Internacional contra a Corrupção, que hoje se assinala.

 




pub