Justiça PJ faz buscas no Benfica por suspeitas de crimes de corrupção

PJ faz buscas no Benfica por suspeitas de crimes de corrupção

A Polícia Judiciária está a fazer buscas no Benfica no âmbito da investigação do caso dos e-mails. Em causa estão suspeitas dos crimes de corrupção passiva e activa, anunciou a Procuradoria-Geral Distrital de Lisboa.
PJ faz buscas no Benfica por suspeitas de crimes de corrupção
Nuno Carregueiro 19 de outubro de 2017 às 10:26

A Polícia Judiciária está a fazer buscas no Benfica no âmbito da investigação do caso dos e-mails, noticiou a revista Sábado, que dá conta que as casas do comentador Pedro Guerra e do presidente do clube, Luís Filipe Vieira, também estão a ser alvo da operação.


Entretanto a Procuradoria-Geral Distrital de Lisboa já confirmou as buscas, dando conta em comunicado que "foram emitidos mandados de busca domiciliária e não domiciliária, relativos a investigação em curso pelos crimes de corrupção passiva e activa". Crimes que terão sido cometidos apenas por um suspeito.

"No inquérito investiga-se a prática, por parte de um suspeito, dos referidos crimes, relacionados com os denominados emails do Benfica", acrescenta o comunicado, dando conta que "a operação encontra-se em curso, contando com a presença de 4 magistrados do Ministério Público, 2 Juízes de instrução e 28 elementos da PJ, incluindo Inspectores e Peritos financeiros e contabilísticos e informáticos". 

Oferta de bilhetes

Em causa, de acordo com a Sábado, estarão ofertas de bilhetes de jogos do Benfica no Estádio da Luz, e ainda para a final da Liga Europa, em Turim, na época de 2013/14. 

Paulo Gonçalves, assessor jurídico do Benfica, terá jutificado a Filipe Vieira que os bilhetes deveriam ser dados a pessoas que "de alguma maneira [tinham] ajudado a alcançar este objectivo [Liga Europa] ou ajudado o SLB no passado".


Andreia Couto, na altura directora executiva da Liga, Nuno Cabral, ex-delegado da Liga, e Emídio Fidalgo, ex-responsável pela nomeação de delegados, estão entre os responsáveis que foram convidados pelo Benfica.

Esta informação constará dos e-mails internos do Benfica que o director de comunicação, Francisco J. Marques, tem revelado no Porto Canal.   

Investigações "pecam por tardias"

 

Em comunicado, a SAD do Benfica confirma que, no âmbito dos processos de investigação em curso, foram realizadas operações de recolha de informação nas instalações do Estádio da Luz por elementos da equipa de investigação da Polícia Judiciária, meia hora depois de termos tomado conhecimento dessas diligências através da Comunicação Social".

 

A SAD encarnada assinala que estas investigações "que pecam por tardias, são encaradas com a maior normalidade pela Sport Lisboa e Benfica SAD, que desde o primeiro momento requereu e disponibilizou-se a fornecer toda a informação necessária a um cabal esclarecimento de toda esta situação, reiterando a sua total colaboração activa nos trabalhos que estão em curso para o apuramento da verdade".

 

O clube "aguarda que sejam investigados os autores materiais da violação do seu sistema informático, o que, apesar de reiteradamente solicitado, ainda não foi executado".

 

O comunicado da Procuradoria-Geral Distrital de Lisboa:

Buscas. Caso dos emails do Benfica. Corrupção passiva e activa. DIAP de Lisboa/Sede

Ao abrigo do disposto no art. 86.º, n.º 13, al. b) do Código de Processo Penal, a Procuradoria-Geral Distrital de Lisboa torna público o seguinte:
No âmbito de um inquérito da 9ª secção do DIAP de Lisboa foram emitidos mandados de busca domiciliária e não domiciliária, relativos a investigação em curso pelos crimes de corrupção passiva e activa.
No inquérito investiga-se a prática, por parte de um suspeito, dos referidos crimes, relacionados com os denominados emails do Benfica.
A operação encontra-se em curso, contando com a presença de 4 magistrados do Ministério Público, 2 Juízes de instrução e 28 elementos da PJ, incluindo Inspectores e Peritos financeiros e contabilísticos e informáticos.
O inquérito encontra-se em segredo de justiça.

(notícia actualizada às 13:22 com comunicado do Benfica)




pub