Europa Podemos: Decisão do PSOE mostra "fim da alternância" e cria "Grande Coligação"

Podemos: Decisão do PSOE mostra "fim da alternância" e cria "Grande Coligação"

O secretário-geral do partido da esquerda radical espanhola Podemos, considerou hoje que a decisão do Comité Federal do Partido Socialista de abstenção sobre a investidura do conservador Mariano Rajoy mostra "o fim da alternância no sistema partidário".  
Podemos: Decisão do PSOE mostra "fim da alternância" e cria "Grande Coligação"
Reuters
Lusa 23 de Outubro de 2016 às 16:06

Pablo Iglesias reagiu assim na rede social de mensagens curtas Twitter após ser conhecido que o órgão mais importante do Partido Socialista Operário Espanhol (PSOE) decidiu, por 139 votos a favor e 96 contra, que os socialistas se absterão na votação de uma nova investidura de Mariano Rajoy, líder do Partido Popular (PP, direita) como chefe do governo. 

 

O líder do Podemos considerou ainda que a decisão abre caminho à "Grande Coligação" face à qual o seu partido representará a alternativa.

 

A decisão do PSOE viabiliza a formação de um novo executivo depois de dez meses de impasse político. 

 

"Ontem revezavam-se, hoje precisam um do outro. Seremos a alternativa", secundou o secretário político do Podemos, Íñigo Errejón, também no Twitter, prognosticando que o novo governo será "fraco e de curta duração".

 

Para Alberto Garzón, coordenador federal do partido Esquerda Unida, o PSOE aprovou "pôr-se ao lado de Rajoy e contra a classe trabalhadora".

 

Antes da votação, Garzón disse que o PSOE iria "branquear" o PP, que considerou "o partido mais corrupto da UE (União Europeia)", se se decidisse pela abstenção para viabilizar o governo de Rajoy.




A sua opinião6
Este é o seu espaço para poder comentar o nosso artigo. A sua opinião conta e nós contamos com ela.
Faltam 300 caracteres
Negócios oferece este espaço de comentário, reflexão e debate e apela aos leitores que respeitem o seu estatuto editorial, promovam a discussão construtiva e combatam o insulto. O Negócios reserva-se ao direito de editar, apagar ou mesmo modificar os comentários dos seus leitores se atentarem contra o bom senso e seriedade.O acesso a todas as funcionalidades dos comentários está limitada a leitores registados e a Assinantes.
comentar
comentários mais recentes
Jorge Santos Há 2 semanas

Em Espanha não à brincadeira de crianças.

Hugo Dinheiro Há 2 semanas

Na coreia do Norte serão bem recebidos ??

Julia Correia Há 2 semanas

Felizmente o PSOE afastou a cópia do Costa espanhol e optou pela solução que melhor serve Espanha e o futuro dos espanhóis. Em Portugal temos que continuar a ver tudo o que conseguimos com sacrifício a ser revertido com custos enormes para todos nós e para o nosso futuro.

Santos Artur Há 2 semanas

Adiós PODEMOS...amorosos

ver mais comentários
pub
pub
pub
pub