Mundo Polícia britânica faz novas buscas e várias detenções

Polícia britânica faz novas buscas e várias detenções

A polícia britânica anunciou hoje ter levado a cabo, durante a madrugada, duas novas rusgas e ter detido "várias pessoas" no âmbito da investigação aos ataques de sábado à noite, que fizeram sete vítimas mortais.
Polícia britânica faz novas buscas e várias detenções
Reuters
Lusa 05 de junho de 2017 às 07:56

"Por volta das 04:15 [mesma hora em Lisboa], os efectivos do comando antiterrorista que investigam os ataques terroristas de London Bridge fizeram buscas em duas moradas novas -- uma em Newham e outra em Barking", no leste de Londres, indicou a polícia, acrescentando que "um determinado número de pessoas foram detidas".

 

A polícia metropolitana de Londres tinha já anunciado a detenção de 12 pessoas no distrito de Barking, a cerca de 14 quilómetros de Londres, onde no sábado à noite três homens foram abatidos depois de atropelarem vários transeuntes com uma carrinha e terem esfaqueado outras pessoas.

 

Sete mulheres e cinco homens, com idades entre 19 e 60 anos, foram detidos no domingo, sendo que um homem, de 55, foi libertado mais tarde sem ter sido acusado.

 

Pelo menos sete pessoas morreram, além de três atacantes, e outras 48 ficaram feridas na sequência de dois incidentes em diferentes pontos de Londres: um atropelamento na London Bridge e apunhalamentos em Borough Market.

 

O grupo extremista autoproclamado Estado Islâmico (EI) reivindicou a autoria dos atentados em Londres, segundo revelou o SITE, centro norte-americano de vigilância de redes sociais usadas por terroristas.

 

De acordo com o SITE, que citou um comunicado da Amaq, a agência de propaganda do grupo extremista, os atentados de Londres foram cometidos por um "destacamento do Estado Islâmico".

 

Este foi o terceiro ataque que reivindicado pelo EI no Reino Unido, depois do atentado com bomba em Manchester, no dia 22 de Maio, e de um ataque em Londres em Março.


A sua opinião1
Este é o seu espaço para poder comentar o nosso artigo. A sua opinião conta e nós contamos com ela.
Faltam 300 caracteres
Negócios oferece este espaço de comentário, reflexão e debate e apela aos leitores que respeitem o seu estatuto editorial, promovam a discussão construtiva e combatam o insulto. O Negócios reserva-se ao direito de editar, apagar ou mesmo modificar os comentários dos seus leitores se atentarem contra o bom senso e seriedade.O acesso a todas as funcionalidades dos comentários está limitada a leitores registados e a Assinantes.
comentar
comentários mais recentes
Anónimo Há 2 semanas

COM VELINHAS E FLORZINHAS NÃO VAMOS LÁ!
AGORA ATÉ JÁ FAZEM HINOS PARA SE REFERIREM AOS ATENTADOS!

pub
pub
pub
pub