Economia Polícia mata homem que esfaqueou oito pessoas na Rússia

Polícia mata homem que esfaqueou oito pessoas na Rússia

Um homem armado com uma faca foi este sábado abatido pela polícia depois de ter esfaqueado oito pessoas em plena rua na cidade russa de Surgut, na Sibéria, anunciaram os investigadores russos.
Polícia mata homem que esfaqueou oito pessoas na Rússia
Dois dos oito feridos por atacante abatido pela polícia russa encontram-se em estado grave.
Reuters
Lusa 19 de agosto de 2017 às 11:37

Na cidade russa de Surgut, na Sibéria, um homem armado com uma faca "atacou transeuntes, ferindo a golpes de faca oito pessoas", quando se encontrava "nas ruas centrais" da cidade de 330 mil habitantes, por volta das 11:20 locais (7:20 em Lisboa), precisou a Comissão de Inquérito da Rússia, órgão encarregado das principais investigações criminais.

 

A polícia "neutralizou" o indivíduo, acrescentou a comissão no comunicado.

 

Dois dos feridos encontram-se em estado grave, indicou o governo da região de Khanty-Mansi, numa nota à imprensa.

 

O atacante não foi identificado, segundo a mesma fonte.

 

Este incidente ocorreu um dia após um ataque na Finlândia em que um homem esfaqueou mortalmente duas pessoas e feriu mais outro na cidade de Turku, no sudoeste do país.

 

Na quinta e na sexta-feira, a Espanha foi também alvo de um duplo atentado sangrento, em Barcelona e Cambrils, na Catalunha, que fez pelo menos 14 mortos e 135 feridos.




A sua opinião1
Este é o seu espaço para poder comentar o nosso artigo. A sua opinião conta e nós contamos com ela.
Faltam 300 caracteres
Negócios oferece este espaço de comentário, reflexão e debate e apela aos leitores que respeitem o seu estatuto editorial, promovam a discussão construtiva e combatam o insulto. O Negócios reserva-se ao direito de editar, apagar ou mesmo modificar os comentários dos seus leitores se atentarem contra o bom senso e seriedade.O acesso a todas as funcionalidades dos comentários está limitada a leitores registados e a Assinantes.
comentar
comentários mais recentes
General Ciresp Há 3 dias

Nao creio que os tribunais na Russia esteja entolhados de papelada como ca,nem perdem tempo a ver se o faltoso e maluco ou estivesse sobre o efeito de bodega ou drugs.Secalhar nem e atopsiado uma vez que ja sabem as causas da morte,na Russia.

pub
pub
pub
pub