Política Polícia russa detém líder da oposição

Polícia russa detém líder da oposição

As autoridades policiais russas detiveram Alexei Navalny, líder da oposição, durante uma manifestação ocorrida este domingo em Moscovo.
Polícia russa detém líder da oposição
EPA/Lusa
Negócios 28 de janeiro de 2018 às 18:20

A polícia russa deteve o líder da oposição, Alexei Navalny (na foto), assim que este apareceu numa manifestação, este domingo, para instar os eleitores a boicotarem "as eleições manipuladas de Março próximo", avançou a Reuters.

 

"Navalny tem poucas hipóteses de influenciar as eleições presidenciais, que deverão ser confortavelmente ganhas pelo actual presidente, Vladimir Putin, mas a sua capacidade para usar as redes sociais no sentido de mobilizar multidões de jovens em protestos nas grandes cidades irritou o Kremlin", sublinha a agência noticiosa.



Alguns registos de vídeo mostram que assim que Navalny surgiu numa das principais artérias de Moscovo, a Tverskaya Street, a poucos metros do Kremlin, para se juntar a algumas centenas de apoiantes e participar nos protestos, foi de imediato detido pelas autoridades, que consideraram a manifestação "ilegal".

Navalny tinha apenas dado alguns passos quando foi cercado por polícias que o agarraram e o imoblizaram no chão, tendo de seguida obrigado o opositor de Putin a entrar numa das carrinhas policiais, conforme mostram os vídeos que estão a correr nas redes sociais, como o Twitter.



Na sua conta de Twitter, Navalny deixou uma mensagem aos seus seguidores, confirmando que tinha sido detido. "Mas isso não importa. Apareçam em Tverskaya. Não estarão lá por mim, mas pelo vosso futuro", salienta o tweet.








A sua opinião4
Este é o seu espaço para poder comentar o nosso artigo. A sua opinião conta e nós contamos com ela.
Faltam 300 caracteres
comentar
Negócios oferece este espaço de comentário, reflexão e debate e apela aos leitores que respeitem o seu estatuto editorial, promovam a discussão construtiva e combatam o insulto. O Negócios reserva-se ao direito de editar, apagar ou mesmo modificar os comentários dos seus leitores se atentarem contra o bom senso e seriedade.O acesso a todas as funcionalidades dos comentários está limitada a leitores registados e a Assinantes.
comentários mais recentes
Criador de Touros 28.01.2018

Filho da putin em acção...

Enorme Russia 28.01.2018

Anda tudo na linha.

Dono dos Burros 28.01.2018

Não é só cá que há Passos, lacaios do capital estrangeiro. Só que cá, a polícia protegia o Passos e os Ladrões da Troika.

Invicta 28.01.2018

A democracia no seu melhor, como defende o camarada Jerónimo.

pub