Saúde Portugal abaixo da média europeia de fumadores

Portugal abaixo da média europeia de fumadores

Portugal só é ultrapassado pela Suécia, Reino Unido e Finlândia no número de não fumadores. Na União Europeia uma em quatro pessoas com mais de 15 anos é fumador. Em Portugal o rácio é uma em cinco.
Portugal abaixo da média europeia de fumadores
Wilson Ledo 07 de dezembro de 2016 às 11:51

Portugal está abaixo da média da União Europeia no número de fumadores com mais de 15 anos, revelam os dados do Eurostat divulgados esta quarta-feira, 7 de Dezembro. O país ocupa a quarta posição se analisados o número de não fumadores.

No espaço comunitário, uma em cada quatro pessoas com mais de 15 anos é fumador (25%). Uma em cada cinco pessoas assume-se como fumador passivo, estando exposta a fumo de terceiros.


Em Portugal, os fumadores pesam 20%, posicionando o país à frente do Luxemburgo, Dinamarca ou Alemanha. Portugal está também nos mais nívies baixos no que respeita ao fumo passivo, com um peso de 8,6%.


Suécia e Reino Unido lideram os países onde há menos fumadores. No extremo oposto estão Grécia e Bulgária, com uma em cada três pessoas acima dos 15 anos a fumar.


Na União Europeia os homens continuam a fumar mais do que as mulheres, com um peso de 28,7% contra 19,5%, mostra o Eurostat nos dados relativos a 2014.


"O consumo de tabaco é uma das maiores causas evitáveis para riscos de saúde na União Europeia", alerta a organização de estatística comunitária.


A sua opinião2
Este é o seu espaço para poder comentar o nosso artigo. A sua opinião conta e nós contamos com ela.
Faltam 300 caracteres
Negócios oferece este espaço de comentário, reflexão e debate e apela aos leitores que respeitem o seu estatuto editorial, promovam a discussão construtiva e combatam o insulto. O Negócios reserva-se ao direito de editar, apagar ou mesmo modificar os comentários dos seus leitores se atentarem contra o bom senso e seriedade.O acesso a todas as funcionalidades dos comentários está limitada a leitores registados e a Assinantes.
comentar
comentários mais recentes
Anónimo 07.12.2016

Seria interessante saber porque temos umas das percentagens de não fumadores mais altas da europa. Mesmo assim, seja por questões de saúde, campanhas de sensibilização para deixar de fumar ou pelas constantes subidas do imposto no tabaco, é sem dúvida um importante ganho em saúde. Aqui escreveram sobre a comparticipação dos produtos farmacêuticos para cessação tabágica...independendentemente de existirem lobbys ou não, a longo prazo, cada pessoa que deixe de fumar, são milhares de euros poupados em custos de saúde.

pertinaz 07.12.2016

AI SIM ???

ENTÃO PARA É QUE O DESGOVERNO DEU COMPARTICIPAÇÃO AOS PRODUTOS PARA DEIXAR DE FUMAR ???

JÁ PERCEBERAM ???

A ESCUMALHA DA ESQUERDALHA CANALHA TEM MUITOS AMIGOS NA INDÚSTRIA FARMACÊUTICA...

MAIS UM CASO DE POLÍCIA !!!

pub
pub
pub
pub