Cultura Portugal é o quinto país da União Europeia que menos gasta com cultura

Portugal é o quinto país da União Europeia que menos gasta com cultura

Os dados são de 2015 e mostram que Portugal está entre os países que menos investe na Cultura. Por habitante, o país gasta 130 euros por ano, menos de metade da média da região.
Portugal é o quinto país da União Europeia que menos gasta com cultura
Sara Antunes 07 de agosto de 2017 às 10:56

O investimento dos 28 países da União Europeia em "recriação, cultura e religião" ascendeu a cerca de 153 mil milhões de euros, em 2015, de acordo com os dados divulgados esta segunda-feira, 7 de Agosto, pelo Eurostat. Este valor corresponde a 1% do produto interno bruto (PIB) da região.

 

Portugal está entre os países que menos investem nesta área, sendo o quinto país que menor percentagem do produto aplica nestes domínios. Só a Grécia, Itália, Reino Unido (todos com 0,7% do PIB) e Irlanda (0,6%) investem menos do que o nosso país, que em 2015 gastou 0,8% do PIB nestas áreas.

 

A Hungria é o único país que investe mais de 2% do PIB, sendo que o segundo estado-membro que mais investe é a Estónia (2,0% do PIB).

 

Em valor por habitante, a média do investimento dos 28 estados-membros é de 299 euros. Portugal continua a comparar mal, já que está entre os países que menos investem, sendo o sexto com o valor mais baixo (130 euros por habitante). O país que menos investe em toda a região é a Roménia (97 euros), seguido pela Bulgária (106 euros).

 

Do lado oposto está o Luxemburgo, que investe 1.068 euros por habitante, seguido da Dinamarca, que investe 843 euros por habitante. O terceiro país surge distante. É a Finlândia e gasta 565 euros por habitante em "recriação, cultura e religião".

(Notícia actualizada às 14:36 a acrescentar a frase "que em 2015 gastou 0,8% do PIB nestas áreas")




A sua opinião8
Este é o seu espaço para poder comentar o nosso artigo. A sua opinião conta e nós contamos com ela.
Faltam 300 caracteres
Negócios oferece este espaço de comentário, reflexão e debate e apela aos leitores que respeitem o seu estatuto editorial, promovam a discussão construtiva e combatam o insulto. O Negócios reserva-se ao direito de editar, apagar ou mesmo modificar os comentários dos seus leitores se atentarem contra o bom senso e seriedade.O acesso a todas as funcionalidades dos comentários está limitada a leitores registados e a Assinantes.
comentar
comentários mais recentes
pertinaz Há 2 semanas

E AINDA VAI PIORAR... O DESCONTROLO DA ESCUMALHA QUE NOS DESGOVERNA NÃO DEIXA ALTERNATIVAS...!!!

General Ciresp Há 2 semanas

Isto em 2015,nessa altura o pais nao tinha ministro da cultura.Digam la quanto e q nos custa ter um fidalgo PARASITA neste ministerio sombra?

fpublico condenado a 48 anos trabalho/descontos Há 2 semanas

O TUGA QUER É PRAIA, FUTEBOL E FESTIVAIS DE MUSICA

CULTURA NEM DE BATATAS

TUDO A MAM.AR SUBSIDIOS A CUSTA DOS CONTRIBUINTES E DA UE

EM PORTUGAL ATE OS CIGANOS ANDAM DE CARRINHO E TELM DE 500€
PIOR QUE ESTA CLASSE É QUEM OS DEFENDE

fpublico condenado a 48 anos trabalho/descontos Há 2 semanas

MAS, DE CERTEZA, QUE É DOS PAISES ONDE SE VERIFICA DISCRIMINAÇÃO ENTRE TRABALHADORES, POIS HA ALGUMAS CLASSES QUE SE JULGAM CIDADAOS DE 1ª CLASSE, TIPO POLICIASM GNR E MILITARES A BRINCAR AS GUERRAS VIRTUAIS. E TB ONDE HA MAIS CASAS DE BORLA, PORTO TEM 85.000 E LX.90.000 DE XULECOS

ver mais comentários
pub