Finanças Públicas Portugal sairá dos défices excessivos?
Assinatura Digital. Negócios Primeiro Para ler tudo faça LOGIN ou ASSINE

Portugal sairá dos défices excessivos?

É talvez a mais importante pergunta da última década em relação à gestão das contas públicas portuguesas. Todos os sinais apontam para Portugal ser capaz de escapar ao Procedimento dos Défices Excessivos (PDE) em 2017, o que permitirá aceder à flexibilidade de Bruxelas e descansar credores e investidores em relação à estratégia do Governo. No entanto, há nuvens no horizonte.
Portugal sairá dos défices excessivos?
Bruno Simão
Nuno Aguiar 30 de dezembro de 2016 às 09:30

Até agora, os desenvolvimentos são positivos. O défice de 2016 deverá não só respeitar o limiar de 3% do PIB, com ficar até abaixo da exigência de Bruxelas (2,5%). Daqui para a frente també

)

Assinatura Digital. Negócios Primeiro
Para ler tudo faça LOGIN ou ASSINE
Análise, informação independente e rigorosa.
Para saber o que se passa em Portugal e no mundo,
nas empresas, nos mercados e na economia.
  • Inclui acesso ao ePaper, a versão do Negócios tal como é impresso em papel. Veja aqui.
  • Acesso ilimitado a todo o site negocios.pt
  • Acesso ilimitado via apps iPad, iPhone, Android e Windows
Saiba mais



A sua opinião7
Este é o seu espaço para poder comentar o nosso artigo. A sua opinião conta e nós contamos com ela.
Faltam 300 caracteres
Negócios oferece este espaço de comentário, reflexão e debate e apela aos leitores que respeitem o seu estatuto editorial, promovam a discussão construtiva e combatam o insulto. O Negócios reserva-se ao direito de editar, apagar ou mesmo modificar os comentários dos seus leitores se atentarem contra o bom senso e seriedade.O acesso a todas as funcionalidades dos comentários está limitada a leitores registados e a Assinantes.
comentar
comentários mais recentes
titanic 30.12.2016

Ó "já não há pachorra" - não és capaz de ver um boi, nem com ele á tua frente...
2,4%, significa que Portugal vai adicionar este PREJUIZO á sua gigantesca divida (é a quanta maior divida do planeta).
São os acéfalos como tu, que não fazem falta.

Anónimo 30.12.2016

Até pode sair. Para mim, o problema não é esse. O problema é a dívida. Estes governantes conseguiram a proeza, que os sábios não sabem explicar, de baixarem os défices e aumentarem a dívida. Que terá de ser para por todos nós, apoiantes ou não deste governo.

Anónimo 30.12.2016

Santa paciência. Ainda hoje saiu uma notícia que o crédito ao consumo voltou a subir, atingindo já níveis superiores aos de antes da crise. Se querem meter a cabeça na areia e fazer propaganda ao governo, é lá convosco.

Já não há pachorra 30.12.2016

2,4% não vos chega? Há nuvens? deixem lá a porcaria do Diabo seus imbecis. Quem não acredita em Portugal que se ponha a andar.

ver mais comentários
Notícias só para Assinantes
Exclusivos, análise, informação independente e credível. Para saber o que se passa em Portugal e no mundo, nas empresas, nos mercados e na economia. Inclui acesso à versão ePaper.
Mais uma forma de ler as histórias
da edição impressa do Negócios.
Se ainda não é Assinante Saiba mais
pub