Passos Coelho
Portugal deixará no Conselho Europeu "mensagem clara" que "está comprometido com o programa de ajuda"
23 Junho 2011, 19:23 por Jornal de Negócios Online | negocios@negocios.pt
Enviar por email
Reportar erro
0
Passos Coelho destaca que Portugal tem condições políticas para que o programa da troika "seja bem sucedido".
O primeiro-ministro afirmou que no seu primeiro Conselho Europeu, que inicia esta noite, pretende deixar uma “mensagem clara que Portugal está comprometido com o programa da ajuda”.

“Acreditamos firmemente nas medidas que são defendidas” no programa da troika, disse Passos Coelho, em declarações efectuadas à chegada ao Conselho Europeu e transmitidas pela RTPN.

Passos afirmou que os seus homólogos "sabem que o programa [de ajustamento] que está desenhado é um desafio muito grande para a sociedade portuguesa, mas sabem também que pode ser uma grande oportunidade" de Portugal alcançar, de uma forma sustentável, um crescimento que não conheceu nos últimos anos.

"Nós em Portugal estamos a crescer cerca de meio por cento ao ano nos últimos 10 anos, e portanto a divergir do resto da Europa, e não podemos voltar a convergir como é nossa vontade sem que este programa tenha sucesso. Portanto eles sabem que o Governo português hoje está absolutamente comprometido com esse resultado", declarou, citado pela Lusa.

Para alcançar este crescimento da economia, é necessário um novo papel do estado”, disse o primeiro-ministro, assegurando que Portugal “ tem condições políticas para que o programa seja bem sucedido”, devido à “ampla maioria” que apoia o Governo no Parlamento.

"Além das felicitações pelo resultado que alcançámos, uma palavra sempre de grande expectativa quanto ao trabalho que vamos ter que fazer", disse, quando questionado sobre que mensagem recebeu dos seus parceiros do PPE, onde surgiu pela primeira vez como chefe de Governo.



Enviar por email
Reportar erro
0
pesquisaPor tags:
alertasPor palavra-chave: