Política PR quer avaliar possibilidade de acordos sociais a médio prazo

PR quer avaliar possibilidade de acordos sociais a médio prazo

O Presidente da República afirmou querer avaliar com os parceiros sociais quais as medidas económicas e sociais que estes consideram importantes a médio prazo e se é possível ou não haver acordos.
PR quer avaliar possibilidade de acordos sociais a médio prazo
Bruno Simão/Negócios
Lusa 14 de novembro de 2016 às 14:03

Segundo Marcelo Rebelo de Sousa, o objectivo das reuniões desta segunda-feira, 14 de Novembro, é ouvir os parceiros sobre "o que é que é importante fazer económica e socialmente em Portugal" e perceber se "há acordo, não há acordo, onde é que há acordo, onde é que não há", a pensar nos próximos três ou quatro anos.

 

"Não vamos discutir o Orçamento deste ano, o Orçamento do ano que vem, o que se passa daqui a um mês, ou dois ou três. Vamos olhar para o fim da legislatura, 2019, ou até para além dele, 2020", declarou o chefe de Estado aos jornalistas, após ter inaugurado a sede de uma empresa, em Lisboa.

 

O Presidente da República disse que a agenda em debate "é muito mais vasta" do que o salário mínimo nacional, "é o diálogo social", num momento em que "há um novo presidente do Conselho Económico e Social (CES)", o antigo ministro da Saúde socialista António Correia de Campos.

 

"Portanto, começa um novo ciclo na vida do CES e agora trata-se, como defendi há pouco, de pensar o país a médio prazo", acrescentou.




A sua opinião0
Este é o seu espaço para poder comentar o nosso artigo. A sua opinião conta e nós contamos com ela.
Faltam 300 caracteres
Negócios oferece este espaço de comentário, reflexão e debate e apela aos leitores que respeitem o seu estatuto editorial, promovam a discussão construtiva e combatam o insulto. O Negócios reserva-se ao direito de editar, apagar ou mesmo modificar os comentários dos seus leitores se atentarem contra o bom senso e seriedade.O acesso a todas as funcionalidades dos comentários está limitada a leitores registados e a Assinantes.
comentar
pub