Economia Presença do PR em Pedrógão é importante para quem precisa de afecto, diz autarca

Presença do PR em Pedrógão é importante para quem precisa de afecto, diz autarca

O presidente da Câmara de Pedrógão Grande afirmou hoje que a presença do Presidente da República no concelho é "muito importante" para aqueles que necessitam de afecto.
Presença do PR em Pedrógão é importante para quem precisa de afecto, diz autarca
Cofina Media
Lusa 25 de dezembro de 2017 às 13:05

"Receber o Presidente da República, o chefe de Estado, em Pedrógão Grande, num dia destes, é muito importante para aqueles que necessitam de afecto e de um pouco de conforto", realçou o presidente da Câmara de Pedrógão Grande, Valdemar Alves, que falava aos jornalistas antes da missa que está a ser celebrada desde as 11:30 na igreja matriz da vila.

 

Para o autarca, a presença de Marcelo Rebelo de Sousa hoje na zona afectada pelo grande incêndio que deflagrou em junho "é a confirmação e consolidação de que o Presidente da República está inteiramente solidário e atento a tudo o que se está aqui a passar".

 

"O Presidente da República vem dar uma força e dizer que está atento e é isso que interessa e que é mais importante", sublinhou Valdemar Alves.

 

De acordo com o autarca, o concelho continua a precisar de solidariedade, "principalmente das grandes instituições", porque "a obra ainda não está terminada e vai levar alguns anos". "É um Natal triste. Os acontecimentos de Junho não deixaram de marcar as mulheres e homens desta terra e todas as pessoas que se relacionam com ela", constatou, por sua vez, o presidente da Assembleia Municipal de Pedrógão Grande, Tomás Correia.

 

Para o também presidente do Associação Mutualista Montepio, este é também um Natal que vai servir "para reconstruir a esperança, que é aquilo que é cada vez mais escasso nesta terra". Segundo Tomás Correia, é necessário criar-se uma nova visão para o território, que tem uma economia pobre e débil. O problema, defendeu, "tem de ser enfrentado com determinação. Todos aqueles que têm responsabilidades têm de olhar para esta região no sentido de começarem a tomar medidas que conduzam a um quadro de recuperação desta terra, a um quadro de coesão territorial".

 

Durante o dia de hoje, está previsto que Marcelo Rebelo de Sousa participe num almoço com familiares das vítimas, inaugure a nova sede da Associação de Vítimas do Incêndio de Pedrógão, na antiga escola primária da aldeia da Figueira, assista a um concerto em Figueiró dos vinhos e visite a Aldeia Natal na vila de Castanheira de Pera, onde deverá jantar no quartel da corporação local de bombeiros.




A sua opinião2
Este é o seu espaço para poder comentar o nosso artigo. A sua opinião conta e nós contamos com ela.
Faltam 300 caracteres
Negócios oferece este espaço de comentário, reflexão e debate e apela aos leitores que respeitem o seu estatuto editorial, promovam a discussão construtiva e combatam o insulto. O Negócios reserva-se ao direito de editar, apagar ou mesmo modificar os comentários dos seus leitores se atentarem contra o bom senso e seriedade.O acesso a todas as funcionalidades dos comentários está limitada a leitores registados e a Assinantes.
comentar
comentários mais recentes
Anónimo Há 3 semanas

Não tarda nada os " barrosos soares da costa queimada( parasitose)" vêm atacar o PR

General Ciresp Há 3 semanas

Ele vai acata de selfies.Teria sido talvez o melhor selfie da vida dele se:no inverno "ACHAPINASSE"nas aguas do ALMARAZ,e no verao ultimo tivesse mergulhado no calor dos incendios de PEDROGAO,mas ele nao e burro de chegar a tanto.Lamber fridas em vez de as evitar,presta pouco,eu diria mesmo nada.

pub