Autarquias Presidente da Câmara de Vila Verde detido por suspeita de corrupção

Presidente da Câmara de Vila Verde detido por suspeita de corrupção

O presidente da Câmara de Vila Verde, António Vilela (PSD), foi hoje detido por suspeita de corrupção e prevaricação relacionado com a alienação, a uma empresa privada, de 51% de uma escola profissional, disse à Lusa fonte ligada ao processo.
Presidente da Câmara de Vila Verde detido por suspeita de corrupção
António Vilela, ao centro na foto, é acusado de crimes de corrupção e prevaricação
Lusa 15 de fevereiro de 2017 às 10:54

De acordo com aquela fonte, além do autarca foi detido o proprietário da Escola profissional Amar Terra Verde (EPATV) fundada, em 2013 pelos municípios de Vila Verde, Amares e Terras de Bouro.

 

A mesma fonte revelou que os dois detidos vão ser ouvidos pelo Ministério Público (MP) e pelo Juiz de Instrução no Tribunal de Braga, desconhecendo-se ainda se isso acontecerá durante o dia de hoje.

 

Em causa estará um caso de alegada prática dos crimes de corrupção e prevaricação no processo de alienação daquela escola, a uma empresa privada, da concessão de um parque estacionamento à superfície e da construção de um parque de estacionamento a uma empresa do sector da construção civil.

 


A sua opinião5
Este é o seu espaço para poder comentar o nosso artigo. A sua opinião conta e nós contamos com ela.
Faltam 300 caracteres
Negócios oferece este espaço de comentário, reflexão e debate e apela aos leitores que respeitem o seu estatuto editorial, promovam a discussão construtiva e combatam o insulto. O Negócios reserva-se ao direito de editar, apagar ou mesmo modificar os comentários dos seus leitores se atentarem contra o bom senso e seriedade.O acesso a todas as funcionalidades dos comentários está limitada a leitores registados e a Assinantes.
comentar
comentários mais recentes
Anónimo 15.02.2017

Então o número 44 pretence a que partido !!!! é só PSD que são corruptos e os do PS são o quê

Tinha que ser PSD 15.02.2017

Com meu voto não roubam mais.acabou.

Camponio da beira 15.02.2017

Não tenho o contacto do sr, para lhe poder dar os parabens, pois este será provavelmente o culminar de uma longa carreira, para um dia poder ser considerando arguido. Muitos politicos, apesar dos esforços, nunca chegam a este patamar.

Chico 15.02.2017

Suspeito que se trata dum caso filho da p*ta. Vejam se há algum carro ou casinha envolvidos. Estas notícias arrasam com a vida das pessoas. Será que o António Vilela ainda pode sair à rua? Bom, ouvi dizer que um assaltante foi visto num supermercado. Pelos vistos ninguém tem vergonha.

ver mais comentários
pub