Economia Presidente da IP garante que estrada onde morreram 46 pessoas estava limpa

Presidente da IP garante que estrada onde morreram 46 pessoas estava limpa

António Laranjo afirmou no Parlamento que a estrada nacional 236-1 tinha sido limpa no início de Junho.
Presidente da IP garante que estrada onde morreram 46 pessoas estava limpa
Reuters
Maria João Babo 04 de julho de 2017 às 13:38

O presidente da Infraestruturas de Portugal (IP), António Laranjo, adiantou esta terça-feira no Parlamento que "há evidências de que a estrada nacional 236-1 e o IC8 estavam limpas", quer "pelo vídeo da própria Ascendi, quer naquilo que é a nossa própria vistoria para verificação das condições contratuais".

 

"Tinham sido limpas no início de Junho, mês efectivamente fatídico para aquela zona", disse António Laranjo. 

 

Os incêndios em Pedrógão Grande vitimaram 64 pessoas, sendo que a grande maioria (46) morreu na estrada nacional 236-1, entre Figueiró dos Vinhos e Castanheira de Pera.

 

O ministro do Planeamento e das Infraestruturas, Pedro Marques, afirmou recentemente que as condições legais e operacionais da limpeza das bermas das estradas terão de ser analisadas.

 

"Passei alguns dias em todo o local, percorri muitos quilómetros nos locais dos incêndios: os elementos que existem são de vídeos, são de fotografias e registam as limpezas que foram feitas e os locais onde foram feitas", afirmou Laranjo.

 

"O que compete à IP é o cumprimento do contrato, não a fiscalização das faixas de gestão dos combustíveis", adiantou.

 




pub