Segurança Social Presidente da República avisa que investigação à Raríssimas tem que ser rápida

Presidente da República avisa que investigação à Raríssimas tem que ser rápida

Marcelo Rebelo de Sousa pede celeridade na investigação ao caso Raríssimas e avisa que a mesma "não pode levar meses" a produzir resultados. Marcelo Rebelo de Sousa alerta ainda para a importância de manter a instituição em "funcionamento".
Presidente da República avisa que investigação à Raríssimas tem que ser rápida
Lusa
Lusa 14 de dezembro de 2017 às 13:49
O Presidente da República avisou esta quinta-feira, 14 de Dezembro, que a investigação à Raríssimas "não pode levar meses" e que o Governo nomeou uma equipa para garantir a continuidade da associação e o apoio a centenas de pessoas.

"É uma instituição que não pode parar. É necessário manter em funcionamento a instituição e, tanto quanto sei, o Governo já decidiu enviar uma equipa para esse efeito", afirmou Marcelo Rebelo de Sousa, antes de ir assistir à emissão do Natal dos Hospitais, na RTP, em Lisboa.

Para o chefe do Estado, a investigação "não pode levar meses" porque se trata de "uma instituição com milhares de pessoas envolvidas e não pode "esperar um mês, dois meses, quatro meses, cinco meses, seis meses".

Esperar esse tempo, afirmou Marcelo, "significaria eventualmente a morte de uma instituição", em que a presidente se demitiu após uma investigação jornalística da TVI que revelava o alegado uso para fins pessoais, pela presidente, de dinheiro da associação de ajuda a pessoas com doenças raras.



A sua opinião5
Este é o seu espaço para poder comentar o nosso artigo. A sua opinião conta e nós contamos com ela.
Faltam 300 caracteres
comentar
Negócios oferece este espaço de comentário, reflexão e debate e apela aos leitores que respeitem o seu estatuto editorial, promovam a discussão construtiva e combatam o insulto. O Negócios reserva-se ao direito de editar, apagar ou mesmo modificar os comentários dos seus leitores se atentarem contra o bom senso e seriedade.O acesso a todas as funcionalidades dos comentários está limitada a leitores registados e a Assinantes.
comentários mais recentes
Anónimo 14.12.2017

E deve também mandar averiguar porque é que os subsídios quadriplicaram com este governo!!!!!!!!!!!!!!!

Bater no chão 14.12.2017

Esta se calhar também tirou a licenciatura ao domingo e aprendeu com os mesmos mestres, pr (partido da roubalheira) o que mais cresce ...nas "bocas do mundo"

??? 14.12.2017

Vai ser rápido. Rapidíssimo. Tão rápido como a investigação e relatório urgente (dentro de duas semanas) pedido por um senhor ministro aquando do surto de legionela. O que vale é que temos memória curta e só nos lembramos dos "pecados" do láparo que salvou o país da bancarrota. Enfim!...

asdf 14.12.2017


E a investigação à vigarice de mais de 6000000 de euros feita pelo láparo na tecnoforma, para a qual Bruxelas já chamou à atenção? Não diz uma palavrinha? Ou os abraços às velhinhas ocupam-lhe o tempo todo? Não tem nada a dizer à Joaninha PGR? São os portugueses que vão ter que arrotar?

ver mais comentários
pub