Política Presidente da República diz estar a "acompanhar" evolução dos incêndios

Presidente da República diz estar a "acompanhar" evolução dos incêndios

Marcelo Rebelo de Sousa agradeceu o sacrifício das populações, bombeiros e autarcas e lamentou as mortes registadas na sequência dos incêndios deste domingo.
Presidente da República diz estar a "acompanhar" evolução dos incêndios
Paulo Zacarias Gomes 16 de outubro de 2017 às 00:16
O Presidente da República agradeceu este domingo, 15 de Outubro, o sacrifício das populações, dos autarcas, dos bombeiros e da Protecção Civil, envolvidos no combate ou afectados pelos incêndios, e deixou votos de pesar pelas três mortes causadas.

Numa mensagem colocada no site da Presidência da República, Marcelo Rebelo de Sousa diz que "acompanha" a evolução dos incêndios.

"O Presidente da República manifesta a sua solidariedade às populações e aos autarcas por todo o Continente, agradece o seu sacrifício, bem como dos Bombeiros e demais estruturas da Proteção Civil no combate aos fogos e exprime o seu profundo pesar aos familiares das vítimas," lê-se na mensagem.

Naquele que já foi considerado pela Protecção Civilo pior dia deste ano em matéria de incêndios, há mais de 30 ocorrências de "grande complexidade" continuam hoje à noite activas no país e estão a ser combatidas por mais de 6.000 operacionais, apoiados por 1.600 viaturas, segundo a Autoridade Nacional da Proteção Civil (ANPC).

Em resultado dos incêndios já morreram três pessoas - duas em Penacova e uma na Sertã - e há pelo menos 25 feridos.



pub