Política Presidente de Itália dissolve o Parlamento

Presidente de Itália dissolve o Parlamento

Tal como se esperava, o presidente italiano, Sergio Mattarella, assinou um decreto para dissolver formalmente o Parlamento.
Presidente de Itália dissolve o Parlamento
Reuters
Negócios 28 de dezembro de 2017 às 17:47

O presidente de Itália, Sergio Mattarela (na foto), assinou esta quinta-feira um decreto de dissolução do Parlamento, algo que se esperava depois de o primeiro-ministro italiano, Paulo Gentiloni, ter anunciado que hoje faria uma conferência de imprensa a marcar o fim da sua administração.

 

A assinatura deste decreto era o último passo necessário antes de o governo poder anunciar a data de novas eleições elegislativas.

 

Mattarela e Gentiloni estão reunidos para definirem qual será a data das eleições, que se espera que seja fixada para 4 de Março.




A sua opinião1
Este é o seu espaço para poder comentar o nosso artigo. A sua opinião conta e nós contamos com ela.
Faltam 300 caracteres
comentar
Negócios oferece este espaço de comentário, reflexão e debate e apela aos leitores que respeitem o seu estatuto editorial, promovam a discussão construtiva e combatam o insulto. O Negócios reserva-se ao direito de editar, apagar ou mesmo modificar os comentários dos seus leitores se atentarem contra o bom senso e seriedade.O acesso a todas as funcionalidades dos comentários está limitada a leitores registados e a Assinantes.
comentários mais recentes
joaoaviador 28.12.2017

Alea jacta est, lá para os lados de Itália. Por cá tudo na mesma com quase todos a verem o rei ainda vestido. Até quando?

pub