União Europeia Primeira sondagem indica fim de maioria separatista no parlamento catalão

Primeira sondagem indica fim de maioria separatista no parlamento catalão

Na sondagem publicada pelo El Mundo, as forças independentistas perdem as eleições de 21 de Dezembro.
Primeira sondagem indica fim de maioria separatista no parlamento catalão
Reuters
Negócios com Lusa 29 de outubro de 2017 às 10:26

Os partidos independentistas actuais não conseguiriam ter a maioria necessária para formar Governo na Catalunha nas próximas eleições regionais, em 21 de Dezembro próximo, de acordo com a primeira sondagem publicada hoje no diário El Mundo.

Segundo o estudo de opinião, os partidos separatistas que suportavam o executivo regional exonerado teriam 65 deputados (42,5 %) num total de 135 deputados, três menos do que os necessários para governar.


A Esquerda Republicana da Catalunha (ERC) seria o mais votado, com 26,4% das intenções de voto, o Partido Democrático Europeu Catalão (PDeCAT, direita) de Carles Puigdemont teria 9,8% e a Candidatura de Unidade Popular (CUP, extrema-esquerda) 6,3%.

A queda da CUP seria determinante neste resultado. Aquela que foi a surpresa das últimas eleições, em 2015, perderia mais de dois pontos (de 8,2% para 6,3%) e três mandatos. Ficaria com sete deputados nesta sondagem.


O inquérito foi realizado de 23 a 26 de Outubro, o dia anterior ao Parlamento ter declarado a Catalunha um estado independente e soberano. A amostra é de mil pessoas na comunidade.




A sua opinião5
Este é o seu espaço para poder comentar o nosso artigo. A sua opinião conta e nós contamos com ela.
Faltam 300 caracteres
Negócios oferece este espaço de comentário, reflexão e debate e apela aos leitores que respeitem o seu estatuto editorial, promovam a discussão construtiva e combatam o insulto. O Negócios reserva-se ao direito de editar, apagar ou mesmo modificar os comentários dos seus leitores se atentarem contra o bom senso e seriedade.O acesso a todas as funcionalidades dos comentários está limitada a leitores registados e a Assinantes.
comentar
comentários mais recentes
Antunes Há 3 semanas

Sondagem El Mundo nesta matéria é igual a credibilidade zero.

Anónimo Há 3 semanas

pois

começaram a perceber que independência significa pobreza.

é o que dá estas "experiências" esquerdóides

é isso k a esquerda quer.provocar..POBREZA, MISÉRIA, FOME, MORTES..como na Venezuela,,para deitar as culpas ao capitalismo..EUA, blá blá

Anónimo Há 3 semanas

A ser verdade a oferta de asilo a traidores, só podem estar doidos. Por muito menos, o Putinho já os tinha liquidado a todos. Gerónimo e esganiçada: o que aconteceu na Catalunha, só foi possível, porque em Espanha há democracia, não aquela que vocês defendem, mas verdadeira democracia.

Anónimo Há 3 semanas

Santa ignorância ou má fé 8,2 % desce para 6,3% mais de 2% .
Ou é 1,9% mete dó kkkkkkkkkkkk

ver mais comentários
Saber mais e Alertas
pub