Mundo Principal suspeito do atentado de Estocolmo reconhece ter cometido acto terrorista

Principal suspeito do atentado de Estocolmo reconhece ter cometido acto terrorista

Rakhmat Akilov "reconheceu ter cometido um acto terrorista e aceitou a prisão preventiva", afirmou Johan Eriksson, o advogado oficioso,
Principal suspeito do atentado de Estocolmo reconhece ter cometido acto terrorista
Reuters
Lusa 11 de abril de 2017 às 09:52

O principal suspeito do atentado de sexta-feira que fez quatro mortos em Estocolmo, na Suécia, "reconheceu ter cometido um acto terrorista", declarou o seu advogado perante o tribunal.

 

Rakhmat Akilov "reconheceu ter cometido um acto terrorista e aceitou a prisão preventiva", afirmou Johan Eriksson, o advogado oficioso, durante uma audiência na presença do seu cliente, que se manteve em silêncio, constatou no local um jornalista da agência France Presse.

 

Akilov, um uzbeque de 39 anos, é suspeito de ter lançado na sexta-feira um camião pesado em direcção à multidão e percorrido centenas de metros na rua pedonal mais frequentada de Estocolmo, antes de embater com o veículo na fachada de um grande armazém.

 

O atentado provocou quatro mortos e 15 feridos.

 




A sua opinião1
Este é o seu espaço para poder comentar o nosso artigo. A sua opinião conta e nós contamos com ela.
Faltam 300 caracteres
Negócios oferece este espaço de comentário, reflexão e debate e apela aos leitores que respeitem o seu estatuto editorial, promovam a discussão construtiva e combatam o insulto. O Negócios reserva-se ao direito de editar, apagar ou mesmo modificar os comentários dos seus leitores se atentarem contra o bom senso e seriedade.O acesso a todas as funcionalidades dos comentários está limitada a leitores registados e a Assinantes.
comentar
comentários mais recentes
Money Maker 11.04.2017

Aceitou? Mas ele tinha escolha, era? Lol.

pub
pub
pub
pub