Mundo Príncipe herdeiro saudita comprou a propriedade mais cara do mundo por 275 milhões

Príncipe herdeiro saudita comprou a propriedade mais cara do mundo por 275 milhões

A propriedade foi vendida em Setembro de 2015 por uma empresa francesa especializada em imóveis de luxo. Na altura, apenas se soube que o comprador era do Médio Oriente.
Príncipe herdeiro saudita comprou a propriedade mais cara do mundo por 275 milhões
Reuters
Lusa 17 de dezembro de 2017 às 18:40

O príncipe herdeiro saudita, Mohammad bin Salman, defensor da austeridade, comprou o Castelo Luís XIV, a propriedade privada mais cara do mundo, perto de Paris, por 275 milhões de euros, noticiou o jornal New York Times.

 

A propriedade foi vendida em Setembro de 2015 por uma empresa francesa especializada em imóveis de luxo. Na altura, apenas se soube que o comprador era do Médio Oriente.

 

O jornal nova-iorquino, citado hoje pela agência AFP, indica que o proprietário actual é o príncipe herdeiro da Arábia Saudita, que tem defendido a austeridade em prol da luta contra a corrupção no país.

 

Um portal francês de informação, Mediapart, avançara em Julho que Mohammad bin Salman era o comprador do Castelo Luís XIV.

 

Construída em 2011, a propriedade foi baptizada com o nome do monarca que reinou em França nos séculos XVII e XVIII, e alia a arquitectura tipo setecentista à mais recente tecnologia.

 




A sua opinião7
Este é o seu espaço para poder comentar o nosso artigo. A sua opinião conta e nós contamos com ela.
Faltam 300 caracteres
Negócios oferece este espaço de comentário, reflexão e debate e apela aos leitores que respeitem o seu estatuto editorial, promovam a discussão construtiva e combatam o insulto. O Negócios reserva-se ao direito de editar, apagar ou mesmo modificar os comentários dos seus leitores se atentarem contra o bom senso e seriedade.O acesso a todas as funcionalidades dos comentários está limitada a leitores registados e a Assinantes.
comentar
comentários mais recentes
Anónimo Há 4 semanas

Aqui está um verdadeiro socialista-comunista, que tenta empregar bem o dinheiro em prol do seu povo. Aqui reunir-se-á a malta do comité central, proporcionando as condições para uma reflexão profunda sobre a melhor maneira de pôr a classe operária a trabalhar!

O PCP tem de cortar o cordão com o Ps Há 4 semanas

Censura xuxa

Os democratas Há 4 semanas

Pois não lhe saiu do lombo. Essas corja árabe o que fazem às mulheres mereciam só por isso ser apedrejados até à morte.

Antunes Há 4 semanas

Comprou porque o Sócrates não sabia que estava a venda. Se soubesse não lhe escapava.

ver mais comentários
pub