Conjuntura Produção industrial em Portugal com a maior queda da União Europeia

Produção industrial em Portugal com a maior queda da União Europeia

A descida em cadeia registada em Portugal foi a mais intensa da União Europeia, mas na variação homóloga o crescimento foi superior à média.
Produção industrial em Portugal com a maior queda da União Europeia
Miguel Baltazar
Nuno Carregueiro 14 de novembro de 2017 às 10:32

A produção industrial em Portugal registou uma queda de 6,7% em Setembro, face ao mês anterior, o que representa a descida em cadeia mais acentuada entre todos os países da União Europeia.

 

De acordo com os dados publicados esta terça-feira, 14 de Novembro, pelo Eurostat, a produção industrial nos países da UE registou uma descida média de 0,5%, enquanto na Zona Euro a queda foi de 0,6%.

 

Depois de Portugal, a queda mais intensa foi sofrida pela Dinamarca (-3,7%) e pela Grécia (-3,6%), enquanto as subidas mais fortes foram registadas na Holanda (+4,3%), Suécia (+2,4%) e Estónia (+2,3%). A descida acentuada registada em Portugal em Setembro segue o aumento em cadeia de 4,7% verificado em Agosto.

 

Se na variação em cadeia Portugal surge com um mau resultado, na evolução homóloga o crescimento é dos mais fortes entre os países da UE.

 

Face a Setembro do ano passado a produção industrial em Portugal aumentou 4,7%, o que compara com o crescimento médio da UE (3,6%) e da Zona Euro (3,3%). Ainda assim foram vários os países com um desempenho superior ao de Portugal: Letónia (+12,9%), Eslovénia (+8,6%) e Hungria (+8%).