Ambiente Domingo foi o pior dia do ano em incêndios - Protecção Civil

Domingo foi o pior dia do ano em incêndios - Protecção Civil

A adjunta de operações nacional da Autoridade Nacional da Proteção Civil (ANPC) Patrícia Gaspar afirmou que hoje "foi o pior dia do ano em matéria de incêndios", tendo sido ultrapassados os 300 fogos florestais.
Domingo foi o pior dia do ano em incêndios - Protecção Civil
Reuters
Lusa 15 de outubro de 2017 às 17:53
"Já ultrapassámos os 303 incêndios desde a meia-noite", afirmou Patrícia Gaspar, no 'briefing' das 17:30 aos jornalistas, sublinhando que estavam àquela hora "todos os meios disponíveis empenhados no combate aos incêndios".

A responsável da ANPC afirmou ainda que, às 17:30, existiam 13 incêndios de importância elevada, destacando como mais graves os de Monção, o de Seia, o de Vale de Cambra, Lousã, Sertã e Arganil.

Quinze estradas cortadas com A1 fechada entre Albergaria e Mealhada

Pelo menos 15 estradas estavam cortadas devido a incêndios e, para além de várias nacionais e municipais, destaque para a Autoestrada do Norte (A1) que está fechada entre Albergaria e a Mealhada nos dois sentidos.

A informação foi avançada à Lusa pelas 18:30 por fonte da Guarda Nacional Republicana (GNR), que não exclui a existência de mais vias fechadas à circulação devido a incêndios que lavram, sobretudo, no norte e centro do país.

(Notícia actualizada às 18:56 com mais informação)



Notícias Relacionadas
Saber mais e Alertas
pub