Orçamento do Estado PS chumba compromisso para acabar com factor de sustentabilidade

PS chumba compromisso para acabar com factor de sustentabilidade

O PCP queria que o factor de sustentabilidade para quem tem mais de 40 anos de serviço fosse eliminado até Outubro de 2018, mas a proposta foi chumbada com os votos contra do PS.
PS chumba compromisso para acabar com factor de sustentabilidade
Miguel Baltazar/Negócios
Catarina Almeida Pereira 22 de novembro de 2017 às 19:08

A proposta do PCP para calendarizar a eliminação do factor de sustentabilidade, uma medida que chegou a ser genericamente prometida pelo Governo, foi chumbada esta quarta-feira pelos deputados, com os votos contra de PS, PSD e CDS. Em causa está o corte que se aplica às pensões antecipadas e que é este ano de 14%.

 

Em causa estava um novo artigo sobre a "valorização de novas carreiras contributivas" que previa que, "com vista à valorização das longas carreiras contributivas", o Governo completasse o processo de revisão de regime do acesso às pensões antecipadas "até 1 de Outubro de 2018".

 

Entre outras medidas, previa-se a "eliminação da penalização do factor de sustentabilidade para os beneficiários que possuam 40 ou mais anos de carreira contributiva", ou a revisão das regras do regime de desemprego de longa duração.

 

O Governo aprovou este ano a eliminação dos cortes nas pensões de pessoas com carreiras contributivas muito longas. O diploma que já está em vigor aplica-se a quem, tendo 60 anos de idade, tenha 48 anos de carreira contributiva ou que, tendo 46 anos, tenha começado a trabalhar antes dos 14.

 

O PS também chumbou a proposta do BE para eliminar o factor de sustentabilidade progressivamente.




A sua opinião1
Este é o seu espaço para poder comentar o nosso artigo. A sua opinião conta e nós contamos com ela.
Faltam 300 caracteres
Negócios oferece este espaço de comentário, reflexão e debate e apela aos leitores que respeitem o seu estatuto editorial, promovam a discussão construtiva e combatam o insulto. O Negócios reserva-se ao direito de editar, apagar ou mesmo modificar os comentários dos seus leitores se atentarem contra o bom senso e seriedade.O acesso a todas as funcionalidades dos comentários está limitada a leitores registados e a Assinantes.
comentar
comentários mais recentes
Anónimo Há 2 semanas

CHULOS

Saber mais e Alertas
pub