Política PS: É “inconstitucional” cortar salário a António Domingues

PS: É “inconstitucional” cortar salário a António Domingues

PSD e BE insistiram na aplicação de limites imediatos às remunerações, mas o PS argumenta que isso seria “manifestamente retroactivo”.
PS: É “inconstitucional” cortar salário a António Domingues
Miguel Baltazar/Negócios
Negócios 03 de Novembro de 2016 às 10:20

Limitar os salários da actual administração da Caixa Geral de Depósitos através dos projectos do PSD, BE e PCP seria "manifestamente inconstitucional", argumenta o PS, que acusa os partidos que suportam o Governo de estarem a "fragilizar" o banco público.

Em declarações ao DN, o deputado socialista João Galamba defendeu que "é manifestamente retroactivo" um projecto que se pretende aplicar "de imediato aos mandatos que estão em curso".

PSD e Bloco de Esquerda avisaram que as suas propostas são para aplicar imediatamente. Em declarações ao jornal, Luís Montenegro afasta riscos de inconstitucionalidade.

O PS está isolado no caso dos salários da administração da Caixa. O deputado do PS critica o PSD por ter apresentado um projecto que admite que os administradores da Caixa possam até ganhar mais e acusa o PCP e o Bloco de Esquerda de estarem a fragilizar o banco público.



A sua opinião19
Este é o seu espaço para poder comentar o nosso artigo. A sua opinião conta e nós contamos com ela.
Faltam 300 caracteres
Negócios oferece este espaço de comentário, reflexão e debate e apela aos leitores que respeitem o seu estatuto editorial, promovam a discussão construtiva e combatam o insulto. O Negócios reserva-se ao direito de editar, apagar ou mesmo modificar os comentários dos seus leitores se atentarem contra o bom senso e seriedade.O acesso a todas as funcionalidades dos comentários está limitada a leitores registados e a Assinantes.
comentar
mais votado JCG Há 10 horas

Olha o garotão? o que raio já fez na vida de produtivo este tipo? Francamente, oiço estes gajos e vejo oportunistas a cuidar das caminhas fofas e confortáveis onde esperam vir a acomodar-se lá mais para diante. E assim saltam diretamente do nada para o topo e para a manjedouras fartas.

comentários mais recentes
VelhaÁguia Há 4 semanas

Com franqueza, tantos comentários que se contradizem pois a questão fulcral parece não ser importante mas, os de direita atacam os de esquerda e vice versa!!! Pois a mim parece-me que as más acções e/ou os maus actos de gestão têm que ser criticados e condenados, venham eles donde vierem...Vejamos uma opinião que já tenho emitido várias vezes e, quem quiser que conteste mas, com palavras consistentes e não só porque sim: TODOS OS GOVERNOS E PRESIDENTES DA REPÚBLICA QUE TEMOS TIDO DESDE QUE HÁ ELEIÇÕES DITAS LIVRES, O FORAM ILEGITIMAMENTE!!! Até o actual governo e presidente da República estão a atingir o prazo de benefício da dúvida que lhes outorguei desde que iniciaram funções!!! Como diziam os saudosos Ivone e Camilo, este país é um colosso, está tudo grosso, está tudo grosso e quem se lixa é o mexilhão...Oh da guarda!!!

Anónimo Há 5 horas

Existem gostos para tudo, mas eu quando vejo um homem com brinco na orelha, não lhe dou qualquer credibilidade.Brinco num deputado, valha-me Deus!

Anónimo Há 6 horas

Este homem é indescritível. Um verdadeiro nojo. O que diria ele se a decisão fosse de outros e ele estivesse na oposição. Caía o Carmo e a Trindade. É o maior demagogo que deambula pela política portuguesa. Não se lhe conhece profissão ou ocupação. É apenas um pau mandado e um lambe botas

VERGONHA Há 6 horas

Eleições JÁ

ver mais comentários
pub
Saber mais e Alertas
pub
pub
pub