Política PS pede donativo aos militantes para melhorar as contas

PS pede donativo aos militantes para melhorar as contas

Numa mensagem enviada aos militantes, o Largo do Rato pede uma contribuição extra de 12 euros este ano, avança o jornal i.
PS pede donativo aos militantes para melhorar as contas
Miguel Baltazar/Negócios
Negócios 21 de dezembro de 2016 às 08:51

O Partido Socialista escreveu aos militantes pedindo-lhes uma contribuição extraordinária de 12 euros no final deste ano – ou um valor superior. O objectivo é tentar melhorar as contas e permitir que o partido se "prepare para os objectivos eleitorais que se avizinham".

 

Segundo a edição desta quarta-feira do jornal i, a mensagem enviada terça-feira dia 20 de Dezembro, diz que "neste período de final de ano, vimos pedir-lhe um apoio adicional ao nosso partido, através do pagamento de uma quota anual extraordinária de 12 euros (ou um valor superior, se assim entender).

 

Luis Patrão, secretário nacional do partido, sustenta o pedido com o facto de "o esforço individual, conjugado com o de muitos outros camaradas, permitirá ao partido apresentar melhores contas e preparar-se para os grandes desafios eleitorais que se avizinham".

O pedido não é alheio à complicada situação financeira do PS, que, no final do ano passado, acumulava um passivo de 21 milhões de euros, segundo o que chegou a ser relatado pelo Jornal de Notícias.

O desequilíbrio nas contas já obrigou os socialistas a entrarem em contenção de custos, nomeadamente através da suspensão de diversas iniciativas e pedindo aos dirigentes locais que pagassem despesas correntes do seu bolso. 




A sua opinião49
Este é o seu espaço para poder comentar o nosso artigo. A sua opinião conta e nós contamos com ela.
Faltam 300 caracteres
Negócios oferece este espaço de comentário, reflexão e debate e apela aos leitores que respeitem o seu estatuto editorial, promovam a discussão construtiva e combatam o insulto. O Negócios reserva-se ao direito de editar, apagar ou mesmo modificar os comentários dos seus leitores se atentarem contra o bom senso e seriedade.O acesso a todas as funcionalidades dos comentários está limitada a leitores registados e a Assinantes.
comentar
mais votado Anónimo 21.12.2016


PS vai receber donativos dos clientes do BES a quem fez um favor milionário, pago pelos portugueses!

BES

PS rouba 270 milhões de €, aos trabalhadores e pensionistas... para dar a alguns amigos "especiais".


comentários mais recentes
JARANES 22.12.2016

CARO SOCIALISTA (cont.)
E tenho para mim que os bafejados pela sorte com um lugar ao sol, muito bem pago e sem nada fazerem, como que em modo de agradecimento, não são apenas os responsáveis políticos mas também as estruturas em que se enquadram.
Mas ... é como diz, isto é um cérebro em "modo" borra a pensar.
Desejo-lhe um bom Natal.

JARANES 22.12.2016

CARO SOCIALISTA
A sua designação é, por si só, uma declaração de interesses.
Dá-me, porém, a ideia que V.Exa não percebeu o que eu disse.
Eu assumi que se fosse eu faria da forma descrita. Não imputei a atitude ao PS, como faz supor o seu comentário.
Quanto ao funcionamento da minha massa cinzenta em "modo" borra, dou-lhe toda a razão; não é preciso mais do que um cérebro a funcionar em "modo" borra para perceber fenômenos destes.
Comecei a assistir a concursos públicos para a execução de obras públicas em 1989, altura em que nos mesmos ainda se encontrava presente um, então, delegado do Ministério Público, e os concursos limitados e as adjudicações directas eram excepção e para valores muito baixos.
De então para cá vi tudo isto alterar-se: Desapareceu o Procurador da República, os concursos limitados e as adjudicações directas passaram a ser a regra, cada vez por valores mais elevados, e vejo cada vez mais responsáveis políticos, findas as suas funções, serem bem colocados.

Socialista 21.12.2016

JARANES, se fosse minimamente inteligente tentaria informar.se no sitio do PS e aí verificaria que o valor da quota anual é de €12. Mas como a sua massa cinzenta já é uma borra, optou pela ofensa barata. Quanto à associação "mafiosa", talvez que dela seja militante e daí o seu comentario.

JARANES 21.12.2016

ONDE ANDA A PROCURADORIA GERAL DA REPUBLICA?

Se eu dirigisse uma associação mafiosa, travestida de partido politico e tivesse (ou mesmo não tendo) uma situação financeira precária e obtivesse receitas ilegais derivadas de favorecimentos em prejuízo do interesse do Estado, pediria aos militantes (essa massa insindicável) que contribuíssem (NESTA ÉPOCA NATALICIA) com EXACTAMENTE 12€ (NÃO 5 nem 10 mas EXACTAMENTE 12€) cada um; de preferência em numerário.
E desejaria um bom Natal a todos os beneméritos.

ver mais comentários
pub