Política PS quer revisão dos escalões do IRS e também aumentos salariais

PS quer revisão dos escalões do IRS e também aumentos salariais

O líder parlamentar do PS, Carlos César, defendeu hoje que as prioridades do Governo até ao final da legislatura devem passar pela revisão dos escalões do IRS e pela melhoria dos rendimentos das famílias, também por via directa remuneratória.
PS quer revisão dos escalões do IRS e também aumentos salariais
Miguel Baltazar/Negócios
Lusa 26 de maio de 2017 às 11:58

De acordo com o presidente do Grupo Parlamentar do PS, o Governo socialista deve ter metas bem definidas nos próximos dois anos: "Alocar mais recursos e gerir com inteligência o investimento público na sequência da saída do Procedimento por Défice Excessivo, aproveitando também os fundos europeus, manter a trajectória das contas públicas e a reputação da gestão orçamental".

 

Carlos César falava na sessão de abertura do segundo e último dia das Jornadas Parlamentares do PS, num discurso com cerca de 25 minutos, o qual dedicou, na parte final, às prioridades do executivo em 2018 e 2019.

 

Ao mesmo tempo, para o presidente do PS, o Governo deve "aliviar no possível o excesso de carga fiscal sobre as pessoas, intervindo inclusive nos escalões de IRS, e continuar a melhorar rendimentos também por via directa remuneratória e pelas prestações sociais".

 

Além dos aumentos das prestações sociais e dos salários, Carlos César sustentou que o Governo deve "melhorar o Serviço Nacional de Saúde, diminuir as desigualdades e apostar em todas as dimensões de modernização e de eficiência competitiva".

 

Antes, o presidente do PS já tinha advertido que, apesar dos bons resultados macroeconómicos, "ninguém se pode esquecer que o país ainda regista muitas desigualdades, com cerca de 2,6 milhões de pessoas em risco de pobreza ou exclusão social, atingindo 487 mil crianças e 468 mil idosos".

 

"Apesar da taxa de pobreza ou exclusão social ter diminuído em 2016, as nossas obrigações, como PS, como governantes ou como deputados - na administração central, regional, local ou na cidadania - estão longe de poderem abrandar", justificou o presidente do Grupo Parlamentar do PS.

 

 




A sua opinião15
Este é o seu espaço para poder comentar o nosso artigo. A sua opinião conta e nós contamos com ela.
Faltam 300 caracteres
Negócios oferece este espaço de comentário, reflexão e debate e apela aos leitores que respeitem o seu estatuto editorial, promovam a discussão construtiva e combatam o insulto. O Negócios reserva-se ao direito de editar, apagar ou mesmo modificar os comentários dos seus leitores se atentarem contra o bom senso e seriedade.O acesso a todas as funcionalidades dos comentários está limitada a leitores registados e a Assinantes.
comentar
mais votado Anónimo 26.05.2017


FP . CGA – 40 ANOS A ROUBAR OS TRABALHADORES E PENSIONISTAS DO PRIVADO

BARRIGA CHEIA

Os atuais pensionistas recebem o dobro do que vão receber os futuros pensionistas... com as mesmas contribuições.

comentários mais recentes
Anónimo 31.05.2017

Que saudades de Passos Coelho de PSD, de CDS, era ver o desemprego sempre a subir, subir, subir, os cortes nos direitos sociais sempre a subir, Subir, SUBIR, que saudades daquele tempo que se via o Telejornal a Tremer, tremer, TREMER.

Álvaro 26.05.2017


CORTAR JÁ, NAS PENSÕES ATUAIS DOS LADRÕES FP / CGA

Os beneficiários da CGA não descontaram nem para metade da pensão que recebem.

O buraco anual de 4 600 milhões de €, da CGA, é sustentado pelos impostos cada vez mais altos suportados pelos trabalhadores e pensionistas do privado.

Conselheiro de Trump 26.05.2017

Encaixai um BOCAL bem apertado nas goelas deste CAGADO para que de la deixe de sair merda a garnel.Mandai-o de volta como prenda dai-lhe a merda da ilha que o lancou a terra.CAO INCENDIARIO.

Anónimo 26.05.2017


Ladrões FP . CGA – 40 ANOS A ROUBAR OS TRABALHADORES E PENSIONISTAS DO PRIVADO


SÓ METADE

Os descontos efetuados pelos FP só permitem pagar metade do valor das pensões.

O resto vem dos impostos pagos por todos os portugueses (ou seja, NÃO é propriedade do pensionista)!

É ROUBADO pelo pensionista CGA.

ver mais comentários
pub
pub
pub
pub