Lei Laboral PSD acusa Governo de andar "há muitos meses a anunciar propaganda enganosa"

PSD acusa Governo de andar "há muitos meses a anunciar propaganda enganosa"

O líder da bancada social-democrata referia-se ao recrutamento de estagiários não remunerados para a Presidência do Conselho de Ministros. "Bem prega frei Tomás," afirmou Luís Montenegro.
PSD acusa Governo de andar "há muitos meses a anunciar propaganda enganosa"
Bruno Simão
Lusa 27 de maio de 2017 às 17:38

O líder parlamentar do PSD, Luís Montenegro, disse hoje que o Governo "anda há muitos meses a anunciar propaganda enganosa", reagindo ao caso de estagiários não remunerados em funções permanentes num organismo do Estado.


"Bem prega frei Tomás: ‘olha para o que ele diz, não olhes para o que ele faz'. Este Governo é um Governo que anda há muitos meses a anunciar uma publicidade enganosa. A anunciar a integração de precários nos quadros permanentes da administração, a anunciar a intenção de acabar com a precariedade na administração pública, mas ao mesmo tempo a usar subterfúgios como aquele que hoje foi noticiado", disse Luís Montenegro.


O Diário de Noticias revela na edição de hoje que o Centro Jurídico da Presidência do Conselho de Ministros (CEJUR) abriu uma nova unidade, com a função de avaliar o impacto das leis, que é maioritariamente constituída por estagiários. São quatro estagiários, contra dois consultores economistas do próprio centro. Os estágios - curriculares, não remunerados - foram divulgados junto de alunos de várias universidades.


Em declarações aos jornalistas, na Maia, distrito do Porto, à margem da Convenção Autárquica Nacional do PSD, o líder parlamentar dos sociais-democratas exigiu "explicações muito claras e objectivas", considerando como "não admissível que no centro da governação, na presidência do Conselho de Ministros, se tenha uma atitude ilegal e impropria".


"Independentemente das explicações que queiram agora adiantar, parece que a situação existe e é indesmentível, este Governo prega uma coisa e faz outra", disse Luís Montenegro, segundo o qual "só no primeiro trimestre de 2017 entraram para a Administração Pública mais de cerca 4.000 funcionários com vínculo precário".


"É tempo de denunciar a publicidade enganosa do Governo que está muito relacionada com as eleições autárquicas que vamos disputar [a 1 de Outubro]", acrescentou.


Luís Montenegro frisou que "o Governo continua a contratar de forma precária" e "usa mecanismos ilegais para poder cumprir algumas das suas tarefas através de estagiários não remunerados", reafirmando que existe uma "contradição insanável entre aquilo que tem sido o discurso e a acção" do executivo liderado por António Costa.


"[É um] Governo que anuncia muitas facilidades e muitas benesses mas cobra mais impostos e tem serviços públicos depauperados", disse.


Confrontado com as explicações do ministro do Trabalho, Solidariedade e Segurança Social que esta manhã garantiu em Viana do Castelo que não há trabalho com "vínculo desadequado" no Governo, Luís Montenegro acusou Vieira da Silva de fazer afirmações contraditórias.


"O senhor ministro do Trabalho tem tido o condão de dizer uma coisa e o seu contrário com muita frequência. Estamos a falar do mesmo protagonista que vezes sem conta no Parlamento anuncia como não necessário qualquer retoque no modelo de Segurança Social, muito menos uma reforma estrutural e depois quando já não está no parlamento diz que afinal de contas a partir de 2030 teremos um problema de financiamento e que é preciso tratar disso" referiu.


A sua opinião5
Este é o seu espaço para poder comentar o nosso artigo. A sua opinião conta e nós contamos com ela.
Faltam 300 caracteres
Negócios oferece este espaço de comentário, reflexão e debate e apela aos leitores que respeitem o seu estatuto editorial, promovam a discussão construtiva e combatam o insulto. O Negócios reserva-se ao direito de editar, apagar ou mesmo modificar os comentários dos seus leitores se atentarem contra o bom senso e seriedade.O acesso a todas as funcionalidades dos comentários está limitada a leitores registados e a Assinantes.
comentar
comentários mais recentes
eleitor Há 3 semanas

Este Montedecoisa , cheira cada vez pior e até enjoa !

António Coutinho Há 3 semanas

Olha quem fala!

PSD sem vergonha,o povo tem memoria. Há 3 semanas

Destruíram o País com os truques da tanga,não tem moral criticar um governo que é muito melhor para o povo,é o governo mais transparente do mundo ,como estão a ser corridos andam com histórias do diabo.ex.votante PSD vou votar GERINGONÇA são sérios.

Conselheiro de Trump Há 3 semanas

Nao vai assim a muitos meses,eles ainda nem sequer chegam a 20.Porque tanto alarido agora depois de todos saberem que eles nao pagam nada,mesmo nada para alem dos reembolsos,porque aqui havia revolta nacional e isso eles querem evitar custe o q custar,alem do mais so devolvem o que foi pago indevido

ver mais comentários
pub
Saber mais e Alertas
pub
pub
pub