Política PSD e CDS repetem acordo para as autárquicas

PSD e CDS repetem acordo para as autárquicas

Tal como em 2013, PSD e CDS vão firmar um acordo geral que balize as coligações entre os dois partidos pelo país fora. A diferença é que desta vez estão na oposição.
PSD e CDS repetem acordo para as autárquicas
Negócios 12 de dezembro de 2016 às 19:40

O PSD e o CDS assinam esta terça-feira um acordo quadro as coligações eleitorais no âmbito das eleições autárquicas do próximo ano, anunciaram os dois partidos em comunicado. A iniciativa não é inédita: também em 2013, os dois partidos, então coligados no Governo liderado por Pedro Passos Coelho acertaram agulhas a nível central para as coligações eleitorais nos vários municípios.

Na cerimónia, que se realizará em Lisboa, estarão presentes, em representação do PSD, o Secretário-Geral, José Matos Rosa, e o Coordenador Autárquico Nacional, Carlos Carreiras. Pelo CDS-PP, estarão presentes o Secretário-Geral, Pedro Morais Soares, e o Coordenador Autárquico Nacional, Domingos Doutel.

Este é apenas um acordo geral, que, adianta o jornal Público, não fará qualquer referência aos casos concretos de Lisboa e do Porto. Em ambos os distritos o PSD, ainda não apresentou o seu candidato, o que tem, aliás, suscitado algumas críticas internas e externas. Já o CDS, avançou com a própria líder como candidata à presidência da Câmara Municipal de Lisboa, enquanto no Porto os centristas já manifestaram o seu apoio ao actual presidente de câmara, Rui Moreira.

 

 




A sua opinião4
Este é o seu espaço para poder comentar o nosso artigo. A sua opinião conta e nós contamos com ela.
Faltam 300 caracteres
Negócios oferece este espaço de comentário, reflexão e debate e apela aos leitores que respeitem o seu estatuto editorial, promovam a discussão construtiva e combatam o insulto. O Negócios reserva-se ao direito de editar, apagar ou mesmo modificar os comentários dos seus leitores se atentarem contra o bom senso e seriedade.O acesso a todas as funcionalidades dos comentários está limitada a leitores registados e a Assinantes.
comentar
comentários mais recentes
PPC jamais será PM, Rio para a liderança já Há 2 dias

Votei PSD em 2011, mas com as aldrabices do PPC e os cortes cegos q fez, e sempre aos mesmos jamais votarei PSD enquanto estiver lá esta latrina na liderança! Q se vá embora e leve saudades q é coisa q como governade não deixa! Vá para o colo da Merkel, e o Revas (Dr.) da treta q desapareça de vez.

PPC q vá para o CARALHO! Pulha! Há 2 dias

PPC se tivesse bom senso demitia-se da liderança do PSD! Será q não se enxerga? Os cortes brutais q fez em 2012 rapinou os 2 subsidios na totalidade não se apagam da memória. Agora escusa de branquear pq já poucos acreditam nesta avantesma! É burro e larápio! Até os 20% imposto nos jogos inventou!

Anónimo Há 2 dias

Se a canhotada esta toda acasalada,porque nao ha-de a direita fazer a mesma coisa.Torne-se mais facil o bilhete do voto.

Chularia Há 2 dias

Ide trabalhar seus parasitas

pub