Política PSD exige a Costa que sustente críticas que fez à Altice

PSD exige a Costa que sustente críticas que fez à Altice

O PSD exigiu hoje ao primeiro-ministro, António Costa, que sustente as críticas que fez no debate do estado da Nação sobre a PT/Altice, nomeadamente sobre o funcionamento das comunicações durante o incêndio de Pedrógão Grande.
PSD exige a Costa que sustente críticas que fez à Altice
Miguel Baltazar/Negócios
Lusa 14 de julho de 2017 às 14:19

Em requerimento entregue no parlamento, os sociais-democratas consideram que António Costa "fez vários juízos pejorativos e críticas pessoais à PT/Altice, com base em informações de que dispõe mas que não são do conhecimento dos cidadãos em geral nem dos deputados".

 

"Os deputados abaixo assinados do GP-PSD vêm requerer ao senhor primeiro-ministro o envio das informações que permitiram sustentar tais declarações", exigem os sociais-democratas.

 

Na quarta-feira, durante o debate do estado da Nação, o primeiro-ministro manifestou-se apreensivo com o futuro da PT, agora propriedade da multinacional Altice, temendo mesmo pelo futuro de postos de trabalho e apontando a uma das operadoras "falhas graves" no incêndio de Pedrógão Grande.

 

"Receio bastante que a forma irresponsável como foi feita aquela privatização [pelo anterior Governo PSD/CDS-PP] possa dar origem a um novo caso Cimpor, com um novo desmembramento que ponha não só em causa os postos de trabalho, como o futuro da empresa", declarou o primeiro-ministro.

 

António Costa fez depois referência ao que se passou em termos de comportamento das operadoras de telecomunicações durante o período de combate às chamas no incêndio ocorrido em junho passado em Pedrógão Grande, no distrito de Leiria, e que causou 64 mortes.

 

"Aliás, espero que a autoridade reguladora [para as telecomunicações], olhe com atenção só o que aconteceu com as diferentes operadoras nestes incêndios de Pedrógão Grande. Compreenderá certamente que houve algumas que conseguiram sempre manter as comunicações e houve outra que esteve muito tempo sem conseguir comunicações nenhumas - e isso é muito grave", salientou ainda o líder do executivo.

 

Depois, António Costa disse que, pessoalmente, enquanto consumidor de telecomunicações, já tirou conclusões face ao panorama existente no mercado nacional.

 

"Por mim, já fiz a minha escolha da companhia que utilizo", disse.

 

O Grupo Altice anunciou hoje que chegou a acordo com a Prisa para comprar por 440 milhões de euros a Media Capital SGPS, SA, que detém a TVI.  

 

 




A sua opinião7
Este é o seu espaço para poder comentar o nosso artigo. A sua opinião conta e nós contamos com ela.
Faltam 300 caracteres
Negócios oferece este espaço de comentário, reflexão e debate e apela aos leitores que respeitem o seu estatuto editorial, promovam a discussão construtiva e combatam o insulto. O Negócios reserva-se ao direito de editar, apagar ou mesmo modificar os comentários dos seus leitores se atentarem contra o bom senso e seriedade.O acesso a todas as funcionalidades dos comentários está limitada a leitores registados e a Assinantes.
comentar
comentários mais recentes
Anónimo Há 1 semana

(...cont...) a subtrairam ao domínio público sem que o Povo Português jamais tenha entendido a operação. Não tenho especial empatia com as empresas de telecomunicações, mas tenho particular aversão à PT, tal como tenho a todas as dominantes que cilindram os elementares direitos dos consumidores.

Anónimo Há 1 semana

Ter o coração na boca tem destes problemas. Essencialmente quando se ocupa uma posição de elevado escrutínio. É óbvio que o A Costa tem razão no que afirmou, o que só não é reconhecido por quem tem interesses directos na PT (os seus futuros ex-trabalhadores, p.e.) bem como aqueles que a (...cont...)

Anónimo Há 1 semana

"O balão de ensaio" da Altice na PT, será a proverbial "ponta do iceberg".
Se a metodologia fizer "escola", teremos vagas de "despedimentos colectivos (a prazo)" neste país.
Os custos sociais e económicos recairão sobre o estado (contribuintes).
http://www.peticaopublica.com/pview.aspx?pi=PT86209

Anónimo Há 1 semana

A PT está a ser tratada pela Altice como uma vaca leiteira. Basta falar com as pessoas que trabalham na PT. Seguirá o mesma caminho da CIMPOR, que era uma referencia tecnologica e empresarial, passando apenas a ser uma fabrica, com zero investigação, zero apoio aos técnicos do sector, zero compras a pequenas empresas em Portugal, etc. O mesmo já está acontecer com a PT, com a EDP e com a REN, graças à politica de vender a correr por um tostão a quem aparecer primeiro do governo anterior.

ver mais comentários
pub
pub
pub
pub