Política PSD: Marco António Costa não irá ocupar cargos partidários nos próximos anos

PSD: Marco António Costa não irá ocupar cargos partidários nos próximos anos

O vice-presidente do PSD Marco António Costa anunciou esta terça-feira no Conselho Nacional que não pretende ocupar cargos partidários nos próximos anos, apesar de "não prescindir" de dar a sua opinião sobre o futuro do partido.
PSD: Marco António Costa não irá ocupar cargos partidários nos próximos anos
João Miguel Rodrigues/Correio de Manhã
Lusa 03 de outubro de 2017 às 23:51

Numa intervenção no Conselho Nacional, que depois confirmou à Lusa, Marco António Costa salientou que é vice-presidente do partido desde 2010, quando Passos Coelho assumiu a liderança, sendo o único membro da actual comissão política desse período.

 

"Entendi que também devo sair com ele e não tenho nenhuma intenção de ocupar cargos no partido", assegurou, em declarações à Lusa.

 

No entanto, Marco António Costa garantiu que não "vai prescindir de intervir politicamente no partido relativamente à definição do seu futuro", depois de Passos Coelho ter anunciado que não se recandidatará.

 

O actual vice-presidente do PSD ocupou o cargo de coordenador e porta-voz da comissão política quando o Passos Coelho era primeiro-ministro. "É uma honra ter entrado com ele e uma honra maior sair ao lado dele", afirmou.




pub