Política PSD: Morais Sarmento exclui-se da corrida e aponta para Rio, Mendes e Santana

PSD: Morais Sarmento exclui-se da corrida e aponta para Rio, Mendes e Santana

O ex-dirigente social-democrata Morais Sarmento excluiu uma candidatura à liderança do PSD, após a não recandidatura de Passos Coelho nas próximas directas, apontando Rui Rio, Marques Mendes e Santana Lopes como "três putativos candidatos".
PSD: Morais Sarmento exclui-se da corrida e aponta para Rio, Mendes e Santana
Inês Lourenço
Lusa 04 de outubro de 2017 às 00:06

No programa 'Falar Claro', da Rádio Renascença, ainda antes de Passos Coelho anunciar ao Conselho Nacional que não voltará a candidatar-se, o ex-ministro da Presidência do Executivo de Durão Barroso assegurou que "não será um dos candidatos" nas próximas eleições internas e lançou o nome de "três putativos candidatos",

 

"É necessário conhecer a vontade destes três nomes, que serão, à partida, os primeiros candidatos, caso se confirme que Passos Coelho não se recandidata", defendeu Morais Sarmento (na foto), apontando os nomes de Marques Mendes, Rui Rio e Santana Lopes.

 

Após o comentário de Sarmento, Santana Lopes admitiu estar a ponderar uma candidatura à liderança do partido, afirmando que tem recebido muitas mensagens de incentivo e não gostar de "consensos fabricados antes de tempo".

 

"[Estou] a ponderar, obviamente", admitiu o antigo primeiro-ministro Pedro Santana Lopes, na SIC-Notícias, no seu habitual espaço de debate com o socialista António Vitorino.

 

"Esses consensos fabricados antes de tempo, nunca gostei, nem gosto", acentuou, deixando ainda um recado: "mesmo que alguém corra a apresentar-se com nomes de barões e baronetes, quem vota são os militantes".




A sua opinião4
Este é o seu espaço para poder comentar o nosso artigo. A sua opinião conta e nós contamos com ela.
Faltam 300 caracteres
Negócios oferece este espaço de comentário, reflexão e debate e apela aos leitores que respeitem o seu estatuto editorial, promovam a discussão construtiva e combatam o insulto. O Negócios reserva-se ao direito de editar, apagar ou mesmo modificar os comentários dos seus leitores se atentarem contra o bom senso e seriedade.O acesso a todas as funcionalidades dos comentários está limitada a leitores registados e a Assinantes.
comentar
comentários mais recentes
As Greves e a Politica, o PC e PSD Há 1 semana

Com os resultados Autárquicas,era sabido, o PCP e o BE iam deitar Mãos as poderosas Armas Politicas, e mandatários Sindicais, tal como o PSD ha muito vem fazendo com Enfermeiros, como o Povo vai reagir nas próximas Eleições face as greves previstas ? Castigar os Responsáveis das Greves com + ou - %?

É isto que o PSD tem a oferecer ? Há 1 semana

Mas são estes que o PSD tem para oferecer aos Militantes ? Não passa do Bolor, Então o Partido Social Democrata não tem nenhum social democrata para se candidatar ? Só tem Neoliberais ? Os Sociais Democratas foram todos para o PS? Um PSD sem Sociais Democratas é Giro, não? Muito Giro, será Legal?

Camponio da beira Há 2 semanas

Passos vai ser mais um que (como os outros nada sabe fazer) nós vamos ter que sustentar numa qualquer empresa (publica ou amiga) que foi por ele há 4 anos beneficiada, ou que de uma forma ou outra recebe beneficios extra . Ou seja sustentamos uma carrada de invalidos para o trabalho há umas décadas

Água Ráz Há 2 semanas

O mais putativo deve ser o Santana ; o Mendes o mais pequenino ; e o Rio o mais engripado! Passos ,quando ganhares a corrida ,corre com estes todos e os mais que só atrapalham

pub
pub
pub
pub