Economia PSP reforça segurança no país, Governo garante que grau de alerta de terrorismo se mantém

PSP reforça segurança no país, Governo garante que grau de alerta de terrorismo se mantém

A polícia vai reforçar o policiamento em zonas de maior afluência de pessoas, particularmente zonas turísticas, numa medida que - defende - já estava prevista há algum tempo. Rumores levam Segurança Interna a reafirmar que o nível de alerta para terrorismo não foi agravado.
PSP reforça segurança no país, Governo garante que grau de alerta de terrorismo se mantém
Bloomberg
Negócios com Lusa 31 de agosto de 2017 às 13:07
A PSP confirma o reforço de medidas preventivas de segurança a nível nacional, noticiadas esta quinta-feira pela comunicação social, mas garante que não identificou "qualquer risco ou ameaça em termos de terrorismo", e que o aumento da presença policial se deve à realização de muitos eventos este fim-de-semana. 

"Aproxima-se um fim de semana com muitos eventos", afirmou à Lusa Hugo Palma, intendente da PSP,   sublinhando que as medidas preventivas prevêem o alargamento dos perímetros de segurança em redor dos acontecimentos, com colocação de barreiras específicas.

A RTP e a TVI 24 tinham avançado em primeira mão o reforço das medidas de segurança em todo o país, sobretudo em zonas turísticas, avança a RTP, com a televisão pública a avançar que se trata de uma "medida preventiva, decidida há já algum tempo, e agora aplicada". 

A estação de Queluz dava conta de um "reforço inédito da segurança em zonas turísticas de Lisboa". O reforço de policiamento que é referido, "nunca tinha acontecido até hoje" e devia-se, dizia o mesmo meio, a ameaça indeterminada.

As autoridades citadas pela RTP referiam que o reforço é uma resposta aos ataques de Barcelona. Nos dias seguintes a estes atentados, em várias zonas de Lisboa foram colocados blocos de cimento e pilaretes para impedir a entrada de viaturas em zonas pedonais, caso do Mosteiro dos Jerónimos, Chiado ou Rua Augusta, "tendo em vista a protecção de zonas com elevada afluência de pessoas".

Já a Rádio Renascença atribuía as notícias da RTP e TVI a uma reunião ocorrida esta quinta-feira na UCAT – Unidade de Combate Antiterrorista. Nesse encontro terão sido analisadas informações chegadas a Portugal sobre uma possível ameaça terrorista.

A rádio cita fontes que fazem uma interpretação diversa das informações: umas dão conta de que as informações são preocupantes, outras consideram que as ameaças são "pouco concretas e pouco fundamentadas."

Entretanto, à Lusa, a secretária-Geral do Sistema de Segurança Interna garantiu que Portugal não alterou o grau de ameaça terrorista e que este "se mantém em grau moderado". 


"Portugal não alterou o grau de ameaça, que se mantém em grau moderado", informou em comunicado o serviço dirigido por Helena Fazenda.

A Secretária-Geral do Sistema de Segurança Interna informa ainda que "todas as forças e serviços de segurança que integram a Unidade de Coordenação Antiterrorismo estão a trabalhar em completa articulação e em cooperação com as suas congéneres, acompanhando o contexto internacional no âmbito da ameaça terrorista".

Contactada pela agência Lusa, Helena Fazenda explicou que o comunicado foi emitido porque estavam a circular "rumores" sobre a subida dos níveis de alerta contra o terrorismo em Portugal.

O Negócios sabe que, entre utilizadores da plataforma de mensagens Whatsapp circulam rumores que dão conta de um "alerta vermelho em Lisboa" e que essas informações estariam a ser passadas às autoridades. Informações que não têm, assim, qualquer confirmação oficial.

(Notícia actualizada às 15:39 com mais informação)



A sua opinião6
Este é o seu espaço para poder comentar o nosso artigo. A sua opinião conta e nós contamos com ela.
Faltam 300 caracteres
Negócios oferece este espaço de comentário, reflexão e debate e apela aos leitores que respeitem o seu estatuto editorial, promovam a discussão construtiva e combatam o insulto. O Negócios reserva-se ao direito de editar, apagar ou mesmo modificar os comentários dos seus leitores se atentarem contra o bom senso e seriedade.O acesso a todas as funcionalidades dos comentários está limitada a leitores registados e a Assinantes.
comentar
comentários mais recentes
Terrorismo?! 31.08.2017

Então é esta a cortina de fumo lançada pelos spin PS, para disfarçar o valente balde de água fria que a CGTP, braço armado do PCP, lançou nas trombas do Costa?
Fraquito, muito fraquito.
Costa, como é que estão as negociações do OE 2018 com os parceiros?
Quê? Estão assim tal mal?!

Água Ráz 31.08.2017

O que esperam? O xuxa/comuna Medina vai mandar construir mais uma mesquinta no largo S.Domingos vê a Camera mandou colocar bancos para todos estarem o dia inteiro a gozar dos rendimentos e por último o Basilico Horta mandou iluminar o castelo dos mouros em Sintra para os lembrar da herança

joao 31.08.2017

acontecera e sera o caos porque a geringonça , marcelo estao mais preocupados com as aparencias do que com a realidade. De tal maneira que ate culparam os eucaliptos pelpo assassinato de 64 pessoas queimadas vivas em pedrogao, a ministra o sec estado, o 1 ministro e outros continuam a sorrir

Anónimo 31.08.2017

Aqueles que não aceitam o pensamento livre, humano, fraterno e igualdade, ainda estão a tempo de ser integrados nas sociedades e de ser felizes na vida.

ver mais comentários
Saber mais e Alertas
pub