Europa Puigdemont deixa independência em suspenso
Assinatura Digital. Negócios Primeiro Para ler tudo faça LOGIN ou ASSINE

Puigdemont deixa independência em suspenso

O presidente do governo catalão ficou a meio caminho entre a declaração unilateral de independência e a opção pela negociação com Madrid de uma solução concertada para a Catalunha. Ao defender a suspensão dos efeitos da independência, atirou a bola para Madrid.
Puigdemont deixa independência em suspenso
Reuters
David Santiago 10 de outubro de 2017 às 22:11

Carles Puigdemont "assume" o mandato atribuído pelo povo catalão de converter a Catalunha "num Estado independente em forma de república", mas solicita ao parlamento regional que suspenda, em "algumas semanas", a declaraç

)

Assinatura Digital. Negócios Primeiro
Para ler tudo faça LOGIN ou ASSINE
Análise, informação independente e rigorosa.
Para saber o que se passa em Portugal e no mundo,
nas empresas, nos mercados e na economia.
  • Inclui acesso ao ePaper, a versão do Negócios tal como é impresso em papel. Veja aqui.
  • Acesso ilimitado a todo o site negocios.pt
  • Acesso ilimitado via apps iPad, iPhone, Android e Windows
Saiba mais



A sua opinião5
Este é o seu espaço para poder comentar o nosso artigo. A sua opinião conta e nós contamos com ela.
Faltam 300 caracteres
Negócios oferece este espaço de comentário, reflexão e debate e apela aos leitores que respeitem o seu estatuto editorial, promovam a discussão construtiva e combatam o insulto. O Negócios reserva-se ao direito de editar, apagar ou mesmo modificar os comentários dos seus leitores se atentarem contra o bom senso e seriedade.O acesso a todas as funcionalidades dos comentários está limitada a leitores registados e a Assinantes.
comentar
comentários mais recentes
Eusebio manuel Vestias Pecurto Vestias 11.10.2017

É dificil lutar contra um forte Governo central É por que a União ganhou Eles estavam melhor organizados mais fortes tinham a lei do lado deles Muito parecido a Espanha O movimento independentista catalão está condenado

Golpista 11.10.2017

Esta historia é semelhante à do Maduro na Venezuela. Um referendo que não existe, uma falta de coragem de declarar independencia no pleno e uma assinatura da declaração de Independencia numa sala ao lado, apos finalizar pleno do parlamento...enfim uma fantochada e um golpe de estado...

Pierre Ghost 11.10.2017

Este palhaço consegue ultrapassar o Mr.Bean !!!
Que riduculo !!!...no tienes cojones !!!

surpreso 10.10.2017

Uma "independência" de 15 segundos,a artimanha de um palhaço mentiroso

ver mais comentários
Notícias só para Assinantes
Exclusivos, análise, informação independente e credível. Para saber o que se passa em Portugal e no mundo, nas empresas, nos mercados e na economia. Inclui acesso à versão ePaper.
Mais uma forma de ler as histórias
da edição impressa do Negócios.
Se ainda não é Assinante Saiba mais
pub