Ásia Pyongyang acusa Seul de violar o seu espaço aéreo

Pyongyang acusa Seul de violar o seu espaço aéreo

A Coreia do Norte também culpou a do Sul pela escalada de tensão e advertiu com uma "resposta sem piedade como represália".
Pyongyang acusa Seul de violar o seu espaço aéreo
Reuters
Lusa 27 de maio de 2017 às 09:25

A Coreia do Norte acusou este sábado, 27 de Maio, a Coreia do Sul de violar o seu espaço aéreo com um aparelho não tripulado, um incidente que qualificou como uma "grave provocação militar", segundo a agência de notícias norte-coreana KCNA.

Segundo informação divulgada pela KCNA, o avião de vigilância Heron sobrevoou a área na fronteira ocidental quatro vezes entre as 7:46 e as 8:40 de sexta-feira (23:46 de quinta-feira e 00:40 de sexta-feira em Lisboa). A agência disse que se trata de um incidente "grave", uma vez que coincidiu com o envio de quatro drones Global Hawk e de cerca de 100 soldados para a base aérea nipónica de Yokoda a partir da base de Guam.

Pyongyang também culpou Seul pela escalada de tensão e advertiu com uma "resposta sem piedade como represália".




A sua opinião0
Este é o seu espaço para poder comentar o nosso artigo. A sua opinião conta e nós contamos com ela.
Faltam 300 caracteres
Negócios oferece este espaço de comentário, reflexão e debate e apela aos leitores que respeitem o seu estatuto editorial, promovam a discussão construtiva e combatam o insulto. O Negócios reserva-se ao direito de editar, apagar ou mesmo modificar os comentários dos seus leitores se atentarem contra o bom senso e seriedade.O acesso a todas as funcionalidades dos comentários está limitada a leitores registados e a Assinantes.
comentar
pub