Américas Pyongyang diz que 3,5 milhões se alistaram para lutar, PR chinês pede calma a Trump

Pyongyang diz que 3,5 milhões se alistaram para lutar, PR chinês pede calma a Trump

O regime norte-coreano garantiu sexta-feira que quase 3,5 milhões de jovens e militares na reserva pediram para lutar contra os Estados Unidos, em plena ‘guerra de palavras’ entre Washington e Pyongyang.
Pyongyang diz que 3,5 milhões se alistaram para lutar, PR chinês pede calma a Trump
Reuters
Lusa 12 de agosto de 2017 às 10:15
O Rodong Sinmun, jornal do Partido dos Trabalhadores, escreveu que 3,47 milhões de estudantes, jovens trabalhadores e militares na reserva pediram para se juntarem às Forças Armadas desde dia 07, quando o regime norte-coreano anunciou duras represálias devido às novas sanções adoptadas pela ONU.

Segundo o diário oficial, que discriminou os alistamentos por dias e províncias, os norte-coreanos "estão a levantar-se por todo o país" para retaliar "milhares de vezes" contra os Estados Unidos, de acordo com a agência de notícias sul-coreana Yonhap.

China pede que EUA não exacerbem situação tensa

O Presidente da China, Xi Jinping, pressionou entretanto o homólogo norte-americano, Donald Trump, a evitar "palavras e acções" que possam "exacerbar" a situação já tensa na península coreana.

"Neste momento, as partes envolvidas devem exercer contenção e evitar palavras e atos que possam agravar a tensão na península coreana", afirmou Xi Jinping, durante a conversa mantida ao telefone com Donald Trump.

Xi defendeu que as partes devem exercer "contenção" e "continuar na direcção do diálogo, das negociações e de uma solução política", informou a CCTV.





A sua opinião9
Este é o seu espaço para poder comentar o nosso artigo. A sua opinião conta e nós contamos com ela.
Faltam 300 caracteres
Negócios oferece este espaço de comentário, reflexão e debate e apela aos leitores que respeitem o seu estatuto editorial, promovam a discussão construtiva e combatam o insulto. O Negócios reserva-se ao direito de editar, apagar ou mesmo modificar os comentários dos seus leitores se atentarem contra o bom senso e seriedade.O acesso a todas as funcionalidades dos comentários está limitada a leitores registados e a Assinantes.
comentar
comentários mais recentes
Anónimo 13.08.2017

É a única esperança que lhes resta neste momento. Fingir que são combatentes e depois aproveitam uma oportunidade para passar para a Coreia do Sul.

Olharapo 13.08.2017

O camarada Gerónimo já se Alistou ?

Lutar contra um míssil nuclear? 13.08.2017

Então e um pouco de racionalidade emocional na cabeça dos norte-coreanos não seria bom? Aqueles comportamentos histéricos são típicos de quem parou no tempo...há muito tempo.

Anónimo 12.08.2017

Coitados dos Cavalos que não têm culpa nenhuma.

ver mais comentários
pub
Saber mais e Alertas
pub
pub
pub