Queda do número de pedidos de subsídio de desemprego supera expectativas nos EUA
15 Março 2012, 12:53 por Hugo Paula | hugopaula@negocios.pt
Enviar por email
Reportar erro
0
O número de pedidos de subsídio de desemprego declinou na semana passada para um valor mais baixo do que as estimativas dos economistas e voltou a renovar um mínimo de quatro anos.
O número de pessoas a pedir subsídio de desemprego nos Estados Unidos caiu em 14 mil para um total de 351 pedidos subsídio de desemprego na semana passada, segundo os dados do Departamento do Trabalho citados pela Bloomberg. Este representa um mínimo de Março de 2008, e iguala o nível verificado há um mês, relembra a agência noticiosa.

As estimativas dos economistas apontavam para um total de 357 mil pedidos de subsídio de desemprego, segundo as estimativas compiladas pela Bloomberg.

A evolução destes dados reflecte o ritmo mais lento a que as empresas estão a despedir, ao mesmo tempo que algumas expandem a sua força de trabalho apesar da recessão que se espera na Europa e do risco de contágio da crise orçamental europeia.

“Existe uma melhoria por todo o mercado de trabalho”, disse o economista do HSBC Securities, Ryan Wang, à Bloomberg. “As empresas estão a despedir menos trabalhadores do que estavam há apenas alguns meses, o que se traduz em maiores ganhos de emprego”, disse.

As estimativas para o número de pessoas a pedir para começar a beneficiar de subsídio de desemprego oscilaram entre os 348 mil e os 375 mil. O Departamento do Trabalho reviu os dados divulgados na semana passada de 362 mil pedidos para 365 mil.
Enviar por email
Reportar erro
0
pesquisaPor tags: