Economia Queixas dos municípios ameaçam suspender avaliação de IMI
Assinatura Digital. Negócios Primeiro Para ler tudo faça LOGIN ou ASSINE

Queixas dos municípios ameaçam suspender avaliação de IMI

Na resposta às providências cautelares interpostas pelas autarquias, para travarem o pagamento de 5% para a reavaliação do património, o Fisco diz que todo o processo estaria em perigo
Elisabete Miranda 21 de junho de 2012 às 23:30

Se os tribunais impedirem o fisco de cobrar "comissõ)

Assinatura Digital. Negócios Primeiro
Para ler tudo faça LOGIN ou ASSINE
Análise, informação independente e rigorosa.
Para saber o que se passa em Portugal e no mundo,
nas empresas, nos mercados e na economia.
  • Inclui acesso ao ePaper, a versão do Negócios tal como é impresso em papel. Veja aqui.
  • Acesso ilimitado a todo o site negocios.pt
  • Acesso ilimitado via apps iPad, iPhone, Android e Windows
Saiba mais



A sua opinião6
Este é o seu espaço para poder comentar o nosso artigo. A sua opinião conta e nós contamos com ela.
Faltam 300 caracteres
Negócios oferece este espaço de comentário, reflexão e debate e apela aos leitores que respeitem o seu estatuto editorial, promovam a discussão construtiva e combatam o insulto. O Negócios reserva-se ao direito de editar, apagar ou mesmo modificar os comentários dos seus leitores se atentarem contra o bom senso e seriedade.O acesso a todas as funcionalidades dos comentários está limitada a leitores registados e a Assinantes.
comentar
comentários mais recentes
joaopires5 22.06.2012

Os dados da execução de Maio, que serão amanhã divulgados, mudaram definitivamente o tom do ministro. A queda da receita fiscal e das contribuições da segurança social "superior ao previsto", traduzindo o impacto de "uma recessão prolongada", dificulta uma execução orçamental que, no lado da despesa, "está sob controlo". Uma declaração que foi feita no final do Eurogrupo no Luxemburgo.

David 22.06.2012

Ainda não consegui perceber essa polémica dos custos das reavaliações. No meu caso pegaram na caderneta predial e aplicaram-lhe a fórmula legal. Numa casa com umas dezenas de anos o resultado foi o esperado: mais do que duplicou o valor patrimonial. Tiveram de pagar a especialistas para fazer isto? Qualquer funcionário do balcão das finanças o fazia!

O Emigrante 22.06.2012

IMI
As avaliacoes em Portugal sao feitas com pressao das camaras, o que nao é normal.
As camaras fazem pressao para que a valiaçao seja o mais alto possivel para assim
arrecadarem o maximo de imposto.
Muitos autarcas gastam muito dinheiro mal gasto , basta ver lombas e rotundas que nao servem para nada entre outros.
A FOLIA DAS GRADEZAS

joaopires5 22.06.2012

ZERO DE FUNDOS DO ESTADO PARA ESTES PARASITAS

ver mais comentários
Notícias só para Assinantes
Exclusivos, análise, informação independente e credível. Para saber o que se passa em Portugal e no mundo, nas empresas, nos mercados e na economia. Inclui acesso à versão ePaper.
Mais uma forma de ler as histórias
da edição impressa do Negócios.
Se ainda não é Assinante Saiba mais
pub
Saber mais e Alertas
pub
pub
pub