Economia "A minha intuição é que não haverá reposição" de subsídio de férias e de Natal

"A minha intuição é que não haverá reposição" de subsídio de férias e de Natal

Apesar de o Governo ter apontado 2015 como o ano em que começa a devolver os cortes salarias na função pública e os subsídios de férias e de Natal, António Bagão Félix não acredita que tal venha a acontecer.
Lusa 04 de Maio de 2012 às 16:39
"Infelizmente a minha intuição é que não vai haver mais reposição", lamenta o antigo ministro das Finanças no Governo de Pedro Santana Lopes.

Para justificar essa intuição, Bagão Félix lembra a forma como o Governo se referiu à questão.

"O Governo foi cauteloso e fala como hipótese técnica repor 25 por cento do subsídio a partir de 2015 até 2018, fala como hipótese técnica, quase académica, e isso dá para tudo".





A sua opinião31
Este é o seu espaço para poder comentar o nosso artigo. A sua opinião conta e nós contamos com ela.
Faltam 300 caracteres
Negócios oferece este espaço de comentário, reflexão e debate e apela aos leitores que respeitem o seu estatuto editorial, promovam a discussão construtiva e combatam o insulto. O Negócios reserva-se ao direito de editar, apagar ou mesmo modificar os comentários dos seus leitores se atentarem contra o bom senso e seriedade.O acesso a todas as funcionalidades dos comentários está limitada a leitores registados e a Assinantes.
comentar
comentários mais recentes
Zé Provinciano 06.05.2012

Fala de barriga cheia. Reforma milionária do BCP, à conta da opus dei, pouco lhe importa que não haja reposição dos subs de Férias e Natal. É um católico típico. Umas esmolitas de caridade e fica de bem com Deus e com a consciência.

Anónimo 06.05.2012

Os portugueses saberão ajustar o trabalho e o consumo ao vencimento, assim como a fuga aos impostos.

SAMARITANA 06.05.2012

Isto,evidentemente para os trabalhadores e contribuintes, Não se aplica aos políticos e outros.
PARA QUE EXISTE A CONSTIRUIÇÃO?

Pois 06.05.2012

"Anonimo [Leitor não registado] 05 Maio 2012 - 18:10"

É por haver FP analfabetos como tu que o país esta na bancarrota .

Então seu ignorante comparas-te com um desempregado !?

Eu sei que vamos precisar de um segundo resgate e sei também que cá tal como na Grécia vão ser despedidos cerca de 25% dos parasitas que gravitam na FP !

Abençoada troika que vai-nos livrar deste peso que nos levou á bancarrota !

ver mais comentários
pub