Economia "Tratado é indispensável para Portugal ficar no euro"
Assinatura Digital. Negócios Primeiro Para ler tudo faça LOGIN ou ASSINE

"Tratado é indispensável para Portugal ficar no euro"

Porque o PS é um partido europeu, a bancada vai votar hoje disciplinada. Seguro lamenta que o Governo o tenha deixado isolado e esteja a alimentar divisões que não existem.
Eva Gaspar 12 de Abril de 2012 às 23:30

Porque é que o PS vai votar a favor deste Tratado?

Assinatura Digital. Negócios Primeiro
Para ler tudo faça LOGIN ou ASSINE
Análise, informação independente e rigorosa.
Para saber o que se passa em Portugal e no mundo,
nas empresas, nos mercados e na economia.
  • Inclui acesso ao ePaper, a versão do Negócios tal como é impresso em papel. Veja aqui.
  • Acesso ilimitado a todo o site negocios.pt
  • Acesso ilimitado via apps iPad, iPhone, Android e Windows
Saiba mais



A sua opinião6
Este é o seu espaço para poder comentar o nosso artigo. A sua opinião conta e nós contamos com ela.
Faltam 300 caracteres
Negócios oferece este espaço de comentário, reflexão e debate e apela aos leitores que respeitem o seu estatuto editorial, promovam a discussão construtiva e combatam o insulto. O Negócios reserva-se ao direito de editar, apagar ou mesmo modificar os comentários dos seus leitores se atentarem contra o bom senso e seriedade.O acesso a todas as funcionalidades dos comentários está limitada a leitores registados e a Assinantes.
comentar
comentários mais recentes
CLAA 14.04.2012

Como é que podemos acreditar nestes senhores socialistas se na maioria das vezes estão a mentir. A justiça portuguesa cada vez está pior, pois os processos mediáticos demoram uma eternidade a acabar (de todos os quadrantes plíticos), os gopvernantes não são incriminados pelos seus desvarios governamentais e chega-se ao cúmulo de duas ex ministar do anterior governo na comissão sobre parque escolar dizerem coisas que ao português comum tinham a justiça â perna, Mas estas senhoras politicamente já estão condenadas só falta coragem que justiça portuguesa abram um processo pelo menos de inquérito.

sniper 13.04.2012

Mais um mentiroso que quer o lugar o mentiroso que substituiu um mentiroso e de mentiras em mentiras estes politiqueiros vão engando o povo.

Anónimo 13.04.2012

O tratado orçamental acaba com o consenso social europeu; institucionaliza o diretório; normativiza a política alemã e não uma política europeia; é assinado por Estados, não é um produto da União; é impraticável; ameaça a possibilidade de políticas de crescimento, de combate ao desemprego; em caso de incumprimento TUDO passa a ser definido e executado por burocratas não eleitos; viola princípios básicos como o princípio democrático e o p. da soberania popular; foi agendado sem discussão nacional; fomos os primeiros a abdicar de defender um caso de Regime.
Tudo pode acontecer. Pode o tratado entrar em vigor sem a ratificação da Alemanha, por exemplo, que continuará a mandar sem consequências convencionais, que chegam a recursos contra um incumpridor junto do Tribunal de Justiça por parte de qualquer outro Estado.
De chantagem em chantagem, de austeridade em austeridade, já posta dogmaticamente em tratado para casos futuros, terá de chegar a hora de a esquerda dizer basta. Sem medo. Aqui e na europa em decomposição.
À inércia vai agarrada a culpa.

p2r_p4r 13.04.2012

O único tratado de jeito que este miserável país assinou foi o de Tordesilhas.

Anónimo: "Caliqueira" ??? És de Campo MAior?

ver mais comentários
Notícias só para Assinantes
Exclusivos, análise, informação independente e credível. Para saber o que se passa em Portugal e no mundo, nas empresas, nos mercados e na economia. Inclui acesso à versão ePaper.
Mais uma forma de ler as histórias
da edição impressa do Negócios.
Se ainda não é Assinante Saiba mais
pub
Saber mais e Alertas
pub
pub
pub