Economia Reforma do euro é apresentada esta quarta-feira mas pode ser demasiado ambiciosa
Assinatura Digital. Negócios Primeiro Para ler tudo faça LOGIN ou ASSINE

Reforma do euro é apresentada esta quarta-feira mas pode ser demasiado ambiciosa

O vice-presidente Valdis Dombrovskis e o comissário dos Assuntos Económicos Financeiros Pierre Moscovici apresentam esta quarta-feira o roteiro da Comissão para a reforma da Zona Euro.
Reforma do euro é apresentada esta quarta-feira mas pode ser demasiado ambiciosa
Reuters
Rui Peres Jorge 05 de dezembro de 2017 às 21:40

A Comissão Europeia apresenta hoje em Bruxelas a sua reforma do euro que, entre outras ideias, propõe a conclusão da união bancária, um Fundo Monetário Europeu e a criação de um ministro das Finanç

)

Assinatura Digital. Negócios Primeiro
Para ler tudo faça LOGIN ou ASSINE
Análise, informação independente e rigorosa.
Para saber o que se passa em Portugal e no mundo,
nas empresas, nos mercados e na economia.
  • Inclui acesso ao ePaper, a versão do Negócios tal como é impresso em papel. Veja aqui.
  • Acesso ilimitado a todo o site negocios.pt
  • Acesso ilimitado via apps iPad, iPhone, Android e Windows
Saiba mais



A sua opinião1
Este é o seu espaço para poder comentar o nosso artigo. A sua opinião conta e nós contamos com ela.
Faltam 300 caracteres
Negócios oferece este espaço de comentário, reflexão e debate e apela aos leitores que respeitem o seu estatuto editorial, promovam a discussão construtiva e combatam o insulto. O Negócios reserva-se ao direito de editar, apagar ou mesmo modificar os comentários dos seus leitores se atentarem contra o bom senso e seriedade.O acesso a todas as funcionalidades dos comentários está limitada a leitores registados e a Assinantes.
comentar
comentários mais recentes
Anónimo Há 5 dias

Os colaboradores cujo posto de trabalho já não se justifica, quer seja na banca, na administração pública ou noutro sector qualquer, já foram remunerados acima do seu preço de mercado durante muito tempo, e por isso o Estado, a economia e a sociedade nada lhes deve. Antes pelo contrário, os colaboradores nessa situação são devedores de uma dívida colossal ao Estado, à economia e à sociedade, que se avoluma a cada dia que passa sem que sejam despedidos.

Notícias só para Assinantes
Exclusivos, análise, informação independente e credível. Para saber o que se passa em Portugal e no mundo, nas empresas, nos mercados e na economia. Inclui acesso à versão ePaper.
Mais uma forma de ler as histórias
da edição impressa do Negócios.
Se ainda não é Assinante Saiba mais
pub